Ausência de adutoras impactam na atual falta d’água, diz diretor

Foto: Davi Negri

Comissão da Câmara ouviu dois depoentes nesta semana: houve dúvidas sobre esgoto tratado

Falta de investimentos e dúvidas sobre o índice de tratamento de esgoto foram os destaques das oitivas da CPI do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto). A comissão da Câmara Municipal, que investiga problemas no serviço de saneamento da cidade, ouviu nesta última quinta-feira (16) o engenheiro Pedro Caes, servidor aposentado do Semae e atual diretor de Operação e Manutenção da autarquia, e o engenheiro civil Gilberto Fernandes Pissinato, servidor responsável pelo departamento de obras do serviço. As informações são do gabinete da vereadora Rai de Almeida (PT), presidenta da CPI.

Caes destacou que o problema com o abastecimento em Piracicaba está centrado na falta de estrutura do sistema para a distribuição de água. Para o depoente, a cidade teve um crescimento expressivo além do previsto. Ele afirmou que novas obras não foram executas para suprir o aumento da demanda.

“O Plano Diretor de 2010 previa, por exemplo, 12 km de adutora do Capim Fino para a avenida Cássio Pascoal. Essa obra não foi feita. Também previa, do Capim Fino para Santa Teresinha, uma outra adutora. Também não foi feito. Previa a do [bairro] Dois Córregos e mais 56 km de adutoras, mas não foi feito.” Outro impacto no serviço de saneamento tem relação com fraudes e furtos. Caes apontou que o combate a tais ilegalidades compete à concessionária Mirante.

A segunda oitiva, com Gilberto Pissinato, trouxe informações sobre novos empreendimentos e possíveis projetos de expansão da rede. Ele hesitou sobre o dado de Piracicaba contar com o tratamento total do esgoto – conforme vem sendo anunciado pela Mirante. “Esse 100% [de esgoto tratado] é complicado. Na gestão passada, a ideia é que, politicamente, tinha de ter essa informação passada. Mas não sei se chega a isso.” Ele também concordou que as isenções de tarifas prejudicam a arrecadação, mas não deu detalhes.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 + dez =