Banco do Brasil prorroga inscrições para concurso público

Foto: Divulgação

São 4.480 vagas no país, sendo 2.240 imediatas e outras 2.240 para formação de cadastro de reserva; remuneração inicial é de R$ 3.022,37

O Banco do Brasil (BB) prorrogou, nesta quarta-feira (28), as inscrições do concurso nacional para escriturário. Com isso, o prazo que terminaria hoje, se entende até 23h59 do dia 7 de agosto de 2021.

Ao todo são 4.480 vagas no país, sendo 2.240 imediatas e outras 2.240 para formação de cadastro de reserva. As vagas são para escriturário, com os nomes de relacionamento de agente comercial e agente de tecnologia. Na região de Campinas são 51 vagas, sendo 22 para início imediato e 29 vagas para cadastro reserva.

As inscrições têm valor de R$ 38,00. A realização das provas está prevista para o dia 26 de setembro de 2021 e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19, conforme regras do edital.

Para participar da seleção, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.

Serão ofertadas vagas em dependências situadas em todos os estados e no Distrito Federal. No momento da inscrição, o candidato deve escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.

Mais informações sobre o concurso podem ser obtidas no Edital, disponível para consulta no site www.bb.com.br/concurso e no site www.cesgranrio.org.br.

Remuneração e benefícios

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais, ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente com o benefício de ajuda alimentação/refeição, o Banco concede a cesta alimentação, no valor mensal de R$ 654,87, na forma do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT.

Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência; previdência complementar; e assistência à saúde, conforme regras vigentes à época da admissão aos quadros do Banco.

Os funcionários do BB também possuem acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB), que promoveu 3,5 milhões de ações de capacitação apenas em 2020.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois × 4 =