Banco do Povo oferece empréstimos de até R$ 5.000 para empresas endividadas de Piracicaba

Foto: Divulgação

Semdettur fica na rua Monsenhor Manoel Francisco Rosa, 900

O Banco do Povo lançou uma nova modalidade de crédito, a chamada linha Nome Limpo, destinada à desnegativação de débitos contraídos pelos empreendedores da categoria pessoa jurídica (PJ) a partir de março de 2020, início da pandemia do coronavírus. Por essa modalidade é possível conseguir empréstimos de até R$ 5.000, com 6 meses de carência para iniciar o pagamento, que pode ser dividido em até 24 parcelas, com taxa de juros de 0%.

O Governo do Estado de São Paulo destinou R$ 100 milhões para essa nova linha de crédito, sendo que o município de Piracicaba poderá emprestar até R$ 5,8 milhões. Os interessados podem procurar o Banco do Povo, situado no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Semdettur), localizado na rua Monsenhor Manoel Francisco Rosa, 900. O atendimento é feito de segunda a quinta-feira, das 9h às 16h30 e às sextas-feiras, das 9h às 16h. O cadastramento também pode ser feito pelo link http://semdettur.piracicaba.sp.gov.br/banco-do-povo/

Paula Lino Mendes da Cruz, diretora do Banco do Povo de Piracicaba, ressaltou que só poderão contrair o empréstimo empresas situadas em Piracicaba, inscritas oficialmente em órgãos de restrição de crédito como Serasa, SCPC e SPC. “Essa linha de crédito destina-se especificamente para o pagamento de boletos de contas negativadas de micros e pequenas empresas endividadas durante a pandemia”, frisou.

Ela ressaltou que outra vantagem desta linha de crédito é que ela dispensa a apresentação de avalistas e pode liberar os empréstimos em pouco tempo, a partir do cadastro inicial. Para ter acesso às linhas do Banco do Povo e da linha Nome Limpo os interessados devem cursar alguns cursos do Sebrae, na modalidade EAD, com carga horária mínima de 20 horas.

O Banco do Povo é um programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com as prefeituras, para concessão de linhas de crédito a empreendedores formais ou informais, produtores rurais, cooperativas e associações produtivas formalmente constituídas.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

11 − 7 =