Atendimento ainda é em regime de contingenciamento | Foto: Amanda Vieira

Piracicaba está desde o dia 9 de outubro na fase verde do Plano São Paulo, que flexibiliza a quarentena decorrente da pandemia da covid-19, mas apesar de diversos espaços já atenderem em horário ampliado, bancos continuam abertas à população por apenas quatro horas, das 10 às 14h – exceto os caixas eletrônicos, que permanecem 24h.

O Jornal de Piracicaba questionou a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) sobre o horário limitado dos bancos, que apenas respondeu que, “até o momento, não há previsão para o retoma a do horário normal de atendimento das agências”.

Além disso, o atendimento é em regime contingenciado, ou seja, com limite de pessoas no interior das agências e apenas com transações essenciais. Para atendimento exclusivo para idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências, o atendimento é das 9h às 10h.

No início da pandemia, em março, por determinação do BC (Banco Central do Brasil), os bancos foram obrigados a ajustar os respectivos horários de atendimento ao público nas agências. O objetivo, segundo o BC, era “assegurar a saúde da sociedade decorrente da covid-19 e ao mesmo tempo garantir a prestação de serviços essenciais”.

Já a Febraban, após sete meses de pandemia, entende que a atividade bancária é um serviço essencial à população, no entanto, a federação ainda não tem resposta para a lentidão do BC em permitir que o atendimento seja normalizado, isto, é, fique mais tempo com serviços de boca de caixa e assuntos junto à gerência, por exemplo.

A justificativa de se manter o atendimento reduzido diz respeito à saúde de funcionários e clientes. “É compromisso das instituições financeiras preservar a segurança de funcionários e clientes no exercício do atendimento bancário, especialmente quando se tratam de segmentos mais vulneráveis da população, como os idosos, gestantes e portadores de deficiência”, destaca a Febraban em nota.

A entidade também afirma que o horário reduzido, assim como o atendimento dentro das agências bancárias, seguem orientações das autoridades sanitárias e de saúde e as recomendações do Banco Central.

Erick Tedesco

Leia mais
Hemonúcleo Piracicaba recebe doações neste sábado (24)
Foragido da Justiça, acusado de mostrar partes íntimas para mulheres, é preso
Ex-funcionários da Via Ágil começam a receber verba rescisória
Piracicaba não registra óbitos por Covid-19 na quinta (22)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove + 8 =