Banda infantil faz live para ajudar menino com doença rara

A live solidária acontece hoje, às 19h30. (Foto: Amanda Vieira/JP)

A Rock Hope Kids Band é o que convencionalmente no universo da música é um ‘power trio’, isto é, uma banda formada por três integrantes – uma adolescente, a vocalista Ciça Moreira, de 13 anos, e duas crianças, Gui Romão (9) na guitarra e João Rosseto (11) na bateria. Apesar da pouca idade, a solidariedade é de gente grande. Hoje, às 19h30, eles realizam uma live show que vista angariar fundos para tratamento do garoto Daniel Sacchi, de 7 anos, portador de Ataxia Cerebelar, que causa sérios problemas motores.


A live pode ser conferida no canal do Youtube da banda (https://youtu.be/MHlN5V1FFYQ). O evento une o útil e o agradável, como conta a vocalista Ciça. “Já que ainda não podemos retornar aos shows ,resolvemos realizar um live. Os patrocinadores arcaram com todos
os custos da transmissão, então decidimos que ajudaríamos alguém. Lembramos do Danielzinho – nosso primeiro show, no ano passado, foi em prol do tratamento dele, então vamos ajudá-lo mais uma vez”. A desenvoltura de Ciça para falar prova porque escolheu ser a frontwoman, a voz da Rock Hope Kids Band. “Somos uma banda de rock, começamos no ano passado e ensaiamos uma vez por semana”, conta. Assim como em outras ocasiões ao vivo, o trio terá um baixista convidado para tocar um repertório dinâmico e com músicas conhecidas do universo roqueiro.


“O repertório, que será executado neste show live da Rock Hope Kids Band, consiste desde covers de bandas clássicas até heavy metal”, destaca a vocalista.


A ação benefi cente da Rock Hope Kids Band veio em boa hora. O pai do Dani, Maycon Sacchi, está desempregado e, graças a um serviço de book fotográfi co que realizou para um amigo, teve contato com o pai de um dos garotos para. “Semana passada me procuraram e perguntaram se aceitava a ajuda. Aceitei de imediato, não podemos deixar o tratamento do Dani de lado”.


Segundo Sacchi, a família ainda consegue manter o convênio médico do menino, mas alguns tratamentos estão interrompidos por falta de condições financeiras, e que o convênio não cobre. Conta, também, que
o Danielzinho está feliz e ansioso com a live em sua homenagem.

Interessados em ajudar podem contribuir por meio do site https://abacashi.com/p/todos-por-daniel.

Erick Tedesco

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

catorze − 4 =