Barjas Negri é exonerado do cargo de coordenador

0
351 views
O decreto publicado no dia 3, torna insubsistente o publicado no dia 27 de janeiro, que nomeou o Barjas ao cargo no Governo do Estado (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O ex-prefeito de Piracicaba, Barjas Negri (PSDB) foi exonerado do cargo de coordenador da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. A exoneração do tucano foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado do último dia 3 (quarta-feira). De acordo com o decreto o ato ocorreu em “cumprimento à liminar deferida pelo juiz da 14ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital”.

O decreto publicado no dia 3, torna insubsistente o publicado no dia 27 de janeiro, que nomeou o Barjas ao cargo no Governo do Estado.

A liminar foi concedida à ação popular movida pelo vereador Laércio Trevisan Jr. (PL) que apontou o fato de o ex- -prefeito responder por ações de improbidade administrativa e estar inelegível, segundo decisão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

Barjas chegou a recorrer, mas o TJ (Tribunal de Justiça) manteve a decisão pela perda do cargo.

AVALIAÇÃO

Pesquisa realizada pelo Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos) em Piracicaba, na segunda quinzena de dezembro, revelou que 36% dos entrevistados reprovaram a administração de Barjas Negri frente à Prefeitura de Piracicaba.

De acordo com o estudo, o tucano encerrou o mandato em 2020 com grau médio de satisfação em administração pública.

Os levantamentos realizados pela Indsat apontam que a gestão piracicabana sempre esteve mediana aos moradores. No 4º trimestre do ano passado, o governo de Barjas registrou 547 pontos pela escala.

A melhor pontuação de 2020 foi de 581 pontos. Ou seja, a gestão de Barjas Negri não chegou a alcançar alto grau de satisfação, mas se manteve longe do baixo grau.

A Indsat utiliza as avaliações de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo” para calcular o índice de satisfação da Administração Pública. Os resultados refletem exclusivamente a percepção da população O último levantamento do ano passado apontou que, para 28% dos entrevistados, a gestão de Barjas estava “ótima” ou “boa”. Outros 46% responderam que o governo piracicabano estava “regular”. A pesquisa ouviu 400 moradores da cidade.

Beto Silva
[email protected]
.com.br

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco − 3 =