Bebel cobra prefeitura sobre destino de famílias do Taquaral

Deputada questiona destinação dessas famílias (Foto: Amanda Vieira/JP)

A deputada estadual professora Bebel (PT) questionou o prefeito Barjas Negri (PSDB) por meio de ofício sobre o destino, quando a quarentena terminar, das famílias da comunidade Taquaral, que foram despejados na reintegração de posse de um terreno no bairro Monte Líbano em 7 de maio. Cerca de 30 pessoas, entre elas dez crianças, que não tiveram para onde ir foram abrigadas no salão da Igreja Batista Raízes, no bairro Morumbi. A iniciativa do abrigo foi da deputada em parceria com o pastor Carlos Rocha.

“Temos a preocupação com o destino que deve ser dado a estas famílias, principalmente a partir do fim da quarentena decretada no Estado. Sabemos que a Emdhap [Empresa Municipal de Habitação] chegou a fazer o cadastramento de parte das famílias, mas ainda não há nenhuma informação oficial de onde poderão ser alojadas. Diante disso, solicito, mui respeitosamente, de Vossa Senhoria, como chefe do Poder Executivo local, qual o plano da Prefeitura de Piracicaba, em curto prazo, para abrigar essas famílias, que, insisto, não tem para aonde ir?”, questiona a deputada no ofício.

Questionada, a Prefeitura reforçou, por meio da assessoria de imprensa, que a Emdhap cadastrou 19 famílias e que elas poderão participar dos programas habitacionais do governo federal e os cadastrados nos programas sociais do município têm direito a cestas básicas.

Para ajudar também as famílias despejadas que não foram ao abrigo, que estão na comunidade Pantanal, Bebel também coordenou, no último sábado (16), a entrega de mais de duas toneladas de produtos, fruto da campanha realizada inicialmente para as famílias abrigadas na igreja. Participaram da ação apoiadora do mandato da deputada e do professor Adelino Oliveira.

Andressa Mota