Beleza e diversidade das savanas africanas

A mulher segue em constante movimento, passa por diferentes lugares, coleta elementos e descansa corpo e alma nas distantes savanas africanas. Esta é a proposta da nova coleção Inverno 2020 PatBo.

A ideia faz referências sobre troca, explorar o mundo, apreciar momentos, viver intensamente e transformar-se.




A coleção Zíngara, nasce na diversidade e na leveza da mulher brasileira e embarca em uma viagem sensorial por terras fascinantes em busca de memórias que compõem não só uma coleção, mas ampliam a forma de enxergar o mundo.

Sua jornada é exploratória, orgânica e intuitiva. Tem início na inquieta Londres dos anos 70, inspiração para peças fluídas e especialmente delicadas e femininas. Segue para Marrakesh e entra em um mundo de cores, estampas e tapeçaria; elementos estes que exalam um único sentimento: autenticidade.

Em contraste a delicadeza e às cores incorporadas pelo caminho, chega na estonteante África. Terra de forças naturais, belezas raras e de inúmeros tons monocromáticos que permitem não só sentimentos pulsantes de energia vital, mas instigam a observação e a contemplação.

Ao final da viagem, repleta de referências e contrastes, ela percebe a beleza de transformar-se a cada momento e a cada experiência. É preciso olhar para dentro para entender que depois de tanto mundo, ela não é a mesma, ela é mais.

A coleção Zíngara tem seu nome inspirado em viajantes livres e desprendidos. Por isso, permite explorar e instigar nossa imaginação por meio de estampas especialmente feitas a mão, apresentando desenhos de animais “vestindo” diferentes peles e diferentes texturas. Uma brincadeira que nos remete a um assunto dos mais sérios: e na realidade, como seria viver na pele do outro?

A PatBo acredita em caminhos diferentes, mas complementares entre si. Exalta a importância da individualidade, mas sabe que juntos e misturados, somos mais fortes.