Bienal Naïfs é virtual e pode ser vista em 360 graus

As referências paraaexposição de 2021 são Ailton Krenak e Arthur Danto. Foto: Divulgação

Dois formatos virtuais: expansivo e livre, levam o visitante a passeios surpreendentes

A nova edição da Bienal Naïfs do Brasil está em dois formatos virtuais: uma expansiva e outra imersiva. A primeira é bem parecida com o Street View do Google: tem início nas portas da unidade na Capital paulista e o visitante caminha pelas salas com apoios de vídeos, se preferir. A segunda é mais livre e leve de ser carregada no computador, com suporte de pontos vermelhos é possível ver as obras com boa nitidez e sob vários ângulos. O tema dessa décima quinta mostra do Sesc (Serviço Social do Comércio) é ´Ideias para adiar o fim da arte´, exibindo um total de 250 imagens. A bienal 2021 tem como principais referências o líder indígena, ambientalista e escritor brasileiro Ailton Krenak e o filósofo e crítico de arte americano Arthur Danto.

Com curadoria de Ana Avelar e Renata Felinto, a Naïfs 2021 reúne 125 artistas de 21 estados do país, além do Distrito Federal. A exposição traz 212 obras em suportes diversos. São instalações, pinturas, desenhos, colagens, gravuras, esculturas, bordados, marcheteria e entalhes. Em diálogo com o corpo expositivo, as artistas Carmela Pereira, Leda Catunda, Raquel Trindade e Sonia Gomes integram a mostra a convite das curadoras.

Ana Mae Barbosa e Lélia Coelho Frota, mulheres intelectuais brasileiras que demonstraram em suas pesquisas a preocupação e o cuidado com o entendimento da pessoa artista e de sua produção de forma mais humana e plural, também são reverenciadas no processo curatorial desta nova edição.

“Saltam aos olhos assuntos da maior relevância na imprensa hoje, como é o caso da questão premente da conservação ambiental, em particular no que diz respeito ao desmatamento na Amazônia”, explica Ana Avelar.

ACESSE:
Imersiva: https://viva360.com.br/sesc/bienalnaifs/imersiva/
Expansiva: https://viva360.com.br/sesc/bienalnaifs/expansiva/

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

11 + 4 =