Bombeiros são acionados para retirada de abelhas perto de escola

Bombeiros estiveram no local (Claudinho Coradini/JP)

O Corpo de Bombeiros foi acionado na terça-feira para a retirada de abelhas que estavam perto da Escola Estadual Antônio Pinto de Almeida Ferraz, no Jardim Caxambu. De acordo com o tenente Beraldo nenhuma criança, ou morador das imediações precisou ser socorrido até alguma unidade de saúde em decorrência do ataque das abelhas.

O tenente do bombeiros Beraldo disse que um solicitante entrou em contato com a corporação e afirmou que as abelhas estavam muito agitadas perto da escola. “Quando os bombeiros chegaram constataram que era da espécie abelha-europeia. Usamos a técnica de fumaça, pois a abelha entende que está ocorrendo um incêndio na floresta e ficará sem alimento. Desta forma, ela perde a força abdominal, diminui o risco de picar alguém e tendem a ficar mais calma. Somente em último caso, quando ocorre risco de ataque, ela pode ser exterminada. Caso contrário, podemos cometer um crime ambiental”, alertou o bombeiro.

Em nota, a  Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) lamentou o ocorrido e esclarece que o incidente aconteceu na rua da unidade escolar, que ofereceu abrigo a todos que estavam no local. Ninguém teve ferimentos graves. A diretora da unidade chamou um profissional (apicultor) para verificar a situação e foram encontradas mais duas colmeias próximas ao terreno da escola, que já foram retiradas nesta quarta-feira (15), para garantir a segurança da comunidade escolar.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

1 × 5 =