Brasil enfrenta o México na semifinal do torneio olímpico de futebol masculino

Seleção brasileira espera chegar ao quarto pódio olímpico consecutivo - Crédito foto: Lucas Figueiredo/CBF

Na reedição da final olímpica de 2012, Brasil e México entram em campo na manhã desta terça, dia 3, às 5h, no horário de Brasília, para decidir uma das vagas à decisão do torneio masculino de futebol, nos Jogos Olímpicos de Tóquio/2020.

Este será o 14º confronto entre as equipes olímpicas (sub-23), sendo cinco vitórias brasileiras, quatro empates e quatro vitórias mexicanas. Em número de gols, o Brasil fez 14 e o México, 11 gols.

Apesar da superioridade numérica da equipe brasileira, no último encontro entre as seleções, na final do torneio masculino olímpico de futebol, em Londres/2012, o México derrotou o Brasil por 2 a 1. Nos outros confrontos dessa rivalidade, as seleções disputaram jogos pelo Pan-Americano, torneios pré-olímpicos, jogos preparatórios e a Copa Ouro da Concacaf.

Se o Brasil passar da semifinal no duelo diante dos mexicanos, a seleção masculina de futebol garantirá ao menos a medalha de prata e chegará aos quarto pódio consecutivo em Jogos Olímpicos. Esta seria a sétima medalha na história da seleção brasileira no torneio de futebol das Olimpíadas. Em caso da conquista do bicampeonato, o Brasil conseguirá se igualar às outras seleções bicampeãs olímpicas: Grã-Bretanha, Uruguai, Hungria e Argentina.

Na luta pelo bicampeonato, o Brasil pode ficar sem o atacante Matheus Cunha, que sofreu uma lesão muscular. O técnico André Jardine disse que a equipe está preparada para atuar sem o atacante, mas garantiu que vai aguardar a recuperação do atleta até o último segundo. “Ele caminha normalmente, fez exame e acredito que tenha chance de se recuperar a tempo de jogar contra o México.” – disse Jardine.

Além de Brasil e México, que jogam no Estádio de Kashima, a outra semifinal também será disputada nesta terça, entre as seleções da Espanha e do Japão, a partir das 8h, no horário de Brasília, no Estádio de Saitama. A disputa pela medalha de bronze acontece na sexta, dia 6, às 8h (de Brasília), enquanto a disputa pelo ouro ocorre no sábado, dia 7, a partir das 8h30 (de Brasília).

Edilson Morais

[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 + 16 =