São Paulo e Palmeiras se enfrentam pela quarta vez no ano. (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

São Paulo e Palmeiras fazem hoje, às 19h, no estádio do Morumbi, o primeiro clássico paulista após a Copa América. O Tricolor está na nona posição, com 14 pontos e está a sete partidas oficiais sem vencer. Já o Verdão é o líder da competição, com 25 pontos, faz a sua segunda partida após a competição de seleções (venceu o Internacional pela Copa do Brasil), está invicto há 16 partidas e defende uma invencibilidade de 32 partidas sem derrotas em Campeonatos Brasileiros.

O goleiro Tiago Volpi disse que o Tricolor aproveitou o perído sem jogos, mas frisou que quer voltar a jogar “Acho que a pausa (durante a Copa América) foi muito positiva, já que fizemos três boas semanas de treinos e aproveitamos para trabalhar a parte técnica, física, porém o que mais queremos é jogar e representar as cores do São Paulo. Então já era hora do campeonato recomeçar”, disse Volpi, que ressaltou que a equipe quer acabar com a sequência sem derrotas do Palmeiras. “Sempre é bom jogar clássicos e jogaremos para ganhar, e queremos tirar essa invencibilidade deles. Claro que respeitamos a equipe do Palmeiras, que é um grande time, o líder do campeonato, mas temos totais condições de dentro de casa, já que estaremos com o nosso torcedor, podemos sim sair com o resultado positivo”, completou.

Logo após a partida contra o Internacional, o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, disse que fará mudanças em, pelo menos, meio time para o clássico. “Pelo que vi no jogo (contra o Internacional), pela movimentação, entrega e ritmo, prevejo no mínimo cinco ou seis alterações para o clássico”, disse. O zagueiro Gustavo Gómez disse que quer jogar o clássico, porém disse que tudo dependerá das escolhas de Felipão. “É um clássico, um jogo importante, mas o técnico tem 30 jogadores disponíveis e ele sempre fará o melhor para o time. Todos querem jogar, mas como disse, quem decide é o professor (Felipão). Estou recuperado e quero jogar, mas a decisão final é sempre do técnico”, comentou o paraguaio.

Além de estar há sete jogos oficiais sem vencer, o São Paulo vencer o Palmeiras pela primeira vez após sete jogos, O último triunfo foi no Morumbi, pelo Brasileirão de 2017, na qual o Tricolor venceu por 2 a 0, gols de Lucas Pratto e Luís Araújo. Depois daquele triunfo, foram mais dois jogos no estádio do São paulo, com uma vitória palmeirense por 2 a 0 no último Brasileiro, gols de Gustavo Gómez e Deyverson e um empate em 0 a 0, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista deste ano.

Neste ano foram três jogos entre os rivais, todos pelo Paulistão, com uma vitória do Palmeiras por 1 a 0 e dois empates em 0 a 0. Os times se enfrentaram na semifinal do Paulista e o São paulo avançou nos pênaltis.

Mauro Adamoli
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze + 1 =