Bronquite: causas e cuidados para evitar as crises

O fator genético está entre as causas do problema. Pessoas com casos na família possuem uma tendência natural para o problema. A exposição exagerada a fatores de risco também pode desencadear as crises, como o contrato com determinados produtos de limpeza. (Foto: Freepik)

Inflamação, a bronquite possui diversas origens. Uma das mais comuns é a alérgica, que também recebe o nome de asma. Em sua versão aguda, que pode surgir através de vírus ou alguma bactéria. Existe também a crônica, que atinge principalmente os fumantes.

Asma, portanto, é o nome comum que indica a alérgica. Os sintomas incluem chiado e, em alguns casos, rinite alérgica.

O fator genético está entre as causas do problema. Pessoas com casos na família possuem uma tendência natural para o problema. A exposição exagerada a fatores de risco também pode desencadear as crises, como o contrato com determinados produtos de limpeza.

Durante a infância os casos são mais frequentes e podem aparecem a qualquer momento. Por isso é importante manter um acompanhamento constante do médico, mesmo quando as crises estiverem controladas

Tratamento

Não existe um medicamento específico para curar o paciente. No entanto, identificar o problema logo na infância é muito importante. Isso porque o tratamento reduz as crises. Além disso, é possível que o problema desapareça quando a criança crescer.

Caso a doença não desapareça de forma definitiva, as crises podem apresentar uma redução drástica durante a fase adulta. Para isso, é necessário seguir a orientação de um médico especializado.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois × 3 =