Buracos e galhos causam transtornos em vias da cidade

Prefeitura prometeu enviar um técnico para fazer avaliação e, em seguida, programar os serviços. (Foto: Amanda Vieira/JP)

A quantidade de buracos na avenida dos Operários tem intrigado as pessoas que trabalham e utilizam a via diariamente. A maioria dos buracos se concentra junto ao meio-fio. A secretária Alana da Silva Paiva disse que já fez dois protocolos junto ao serviço 156 mas até o momento nenhuma providência foi tomada.

A auxiliar administrativa Keila Freitas disse que passa todos os dias pela avenida para ir trabalhar e relatou os transtornos. “Eu passo de moto e tenho medo de cair porque você desvia de um buraco e cai em outro e se vem um carro atrás é mais arriscado ainda um acidente mais grave”, afirmou.

Ela disse que não fez reclamações junto à prefeitura sobre a situação da rua, mas colegas da empresa onde trabalha já fizeram reclamações.

A prefeitura informou ontem que vai enviar um técnico para fazer uma avaliação na avenida e em seguida programar os serviços.

GALHOS

O acúmulo de galhos de árvores e na calçada de uma escola infantil localizada na rua São Francisco de Assis, no Centro, tem causado transtornos aos pedestres, pais de alunos e professores.

A direção da escola informou que a poda foi feita no domingo dia 21 e o material permaneceu na calçada desde então. Como não houve a retirada apos uma semana, a direação entrou em contato com a companhia que informou que a retirada deve acontecer até cinco dias após a poda, o que não ocorreu.

Além dos pais de alunos que usam a calçada, há muitos idosos que fazem caminhada e encontram dificuldades por causa dos galhos.

OUTRO LADO

A CPFL Paulista informou ontem que vai enviar equipes ao local, até amanhã, para retirar os galhos. A companhia informou que faz podas emergenciais e preventivas de vegetação que possam interferir no fornecimento de energia e apresente risco à população.

A companhia destacou que durante a realização dos serviços, critérios técnicos são seguidos para evitar agressões desnecessárias às árvores. Engenheiros, técnicos e eletricistas da CPFL e de empresas terceirizadas recebem informações teóricas e práticas para executar a poda de maneira correta.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × 2 =