Cachorro morre e tutor é suspeito de maus-tratos

Cachorro não aguentou chegar à clínica (Divulgação)

Por muito pouco um cachorro que estava com um quadro severo de anemia não pode ser salvo. O animal foi encontrado nesta segunda-feira (02), em uma residência, em Santa Teresinha pelos guardas Civis do Setor de Direito do Bem-Estar Animal e a veterinária Mariana Ricciardi Curi, do Sedema (Secretaria de Meio Ambiente) e foi levado às pressas para atendimento em uma clínica veterinária, mas morreu no caminho. O responsável pelo cão, foi encaminhado ao 5º Distrito Policial e deverá responder por de maus-tratos, devido à negligência na posse do animal.

A veterinária explicou que o cachorro tinha um quadro severo de anemia, que poderia ter sido causado pela doença do carrapato, ou outra síndrome. “Recebemos denúncias de vários vizinhos que relataram que há algum tempo o animal parecia estar doente e não recebia tratamento veterinário. Quando chegamos na casa para averiguar a denúncia, o tutor alegou que o cão era dele e apenas estava em sua casa há algum tempo e que estava tratando do animal”, relatou Mariana.

A profissional disse ainda que não é possível confirmar há quanto tempo o cachorro estava doente. “Tudo depende da situação de saúde em que o cachorro estava e naquele momento não foi possível confirmar com certeza, qual teria sido a causa da morte do cachorro.

Segundo o boletim de ocorrência, o tutor relatou à polícia, que pretendia levar o animal ontem (02) para atendimento veterinário, mas não informou o nome do proprietário. O homem foi liberado, mas será investigado pela Polícia Civil.

O cachorro chegou a ser levado pelos servidores à Clínica Dr. dos Bichos, mas o perito-médico veterinário Elienai Luiz de Souza atestou que o animal chegou em óbito apresentando quadro debilitado anêmico.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois × 5 =