Câmara autoriza repasse de R$ 300 mil ao Lar dos Velhinhos

Verba será usada para enfermaria geriátrica. (Crédito: Claudinho Coradini/JP)

Projeto de lei 44/2020, de autoria do Executivo, aprovado nas duas reuniões extraordinárias, que aconteceram na noite de quinta-feira (26), autoriza a Secretaria Municipal de Saúde firmar convênio com o Lar dos Velhinhos de Piracicaba, no repasse de recursos públicos, na ordem de R$ 300 mil, destinados à implantação de uma enfermaria geriátrica, para atendimento especializado aos 500 idosos assistidos pela entidade.

Como contrapartida ao repasse de recursos públicos caberá ao Lar dos Velhinhos custear todas as despesas com a elaboração dos projetos arquitetônico, de impermeabilização, fundação e estrutural, das instalações hidráulico-sanitárias e de gás e das instalações elétricas, dentre outros necessários à conclusão das obras de implantação/reforma da enfermaria geriátrica, a ser construída em área de sua propriedade, tomando as providências necessárias junto aos órgãos competentes para o regular licenciamento destas obras.

Na justificativa do projeto, o Executivo destaca que a parceria para a implantação da enfermaria geriátrica tem como objetivo a melhoria da assistência prestada aos pacientes idosos, assim como a redução do tempo de permanência desses pacientes em ambiente hospitalar, sendo que esta parceria irá promover a assistência à saúde dos 500 idosos que hoje residem no Lar dos Velhinhos de Piracicaba, com atendimentos de equipe multiprofissional e promoção de ações para melhoria do bem-estar, da qualidade de vida e saúde desses idosos.

A adequação na estrutura física do Lar dos Velhinhos de Piracicaba, com a construção da enfermaria geriátrica vem ao encontro das necessidades do Município de Piracicaba, visto que esta ação atenderá um número maior de idosos que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS), diminuindo, assim, a utilização dos leitos e a permanência em unidade hospitalar externa e fazendo com que a melhoria da saúde geral desses idosos reflita na redução do custo do tratamento.

“Com isso, é importante esclarecer que o Lar dos Velhinhos de Piracicaba tem capacidade de atender idosos por longos períodos, com até 500 leitos e constantemente tem aproximadamente 10% da sua população internada em precário estado de saúde”.

Da Redação