Câmara retoma Fórum de Defesa da Unimep

No requerimento os parlamentares destacam que foi noticiado pelos meios de comunicação que a Reitoria da universidade comunicou à comunidade acadêmica sua decisão de encerrar o oferecimento de diversos cursos e, inclusive, inativar o campus de Santa Bárbara d’Oeste. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

A Comissão de Educação, Esportes, Cultura, Ciência e Tecnologia, da Câmara de Vereadores de Piracicaba solicitou a retomada das atividades do Fórum de Defesa da Unimep, instituído em 2017 e também convidou professores, funcionários e alunos da Universidade Metodista de Piracicaba, as entidades representativas e órgãos de classe da sociedade piracicabana para participarem de reunião pública, hoje, às 14h, para discussão da atual crise que passa a instituição.

No requerimento os parlamentares destacam que foi noticiado pelos meios de comunicação que a Reitoria da universidade comunicou à comunidade acadêmica sua decisão de encerrar o oferecimento de diversos cursos e, inclusive, inativar o campus de Santa Bárbara d’Oeste.

“É de conhecimento geral que essa instituição de ensino há anos está em crise financeira e com diversos problemas no referente a sua gestão administrativa, com impactos desastrosos de diversos matizes para a comunidade interna e externa nas cidades onde mantém suas unidades.”

“É certo que a Unimep é uma instituição particular ligada à Igreja Metodista, porém, toda essa situação criada de instabilidade afeta, sem dúvida nenhuma, a cidade de Piracicaba como um todo e esta Casa não pode se furtar de trazer o debate junto com todos setores da comunidade piracicabana para discutir a situação e auxiliar, de algum modo, a solução desses problemas, sempre visando a autonomia da instituição e invocando sua história pelas lutas democráticas e na excelência do ensino lá ministrado, tornando-a única e referência como instituição de ensino”, traz o r equerimento.

No documento, os parlamentarem também solicitam que, sejam convidadas a participar da reunião pública a Acipi, Simespi, Coplacana, Conespi, prefeito e os deputados Professora Bebel e Roberto Moraes, entre outras entidades.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 − 6 =