Câmeras para leitura automática de placas serão usadas para detecção de carros roubados

Ponte do Mirante, ao lado do Elevador Panorâmico, receberá câmeras de vigilância (Crédito: Claudinho Coradini/JP)

A partir de segunda-feira (13), Piracicaba contará com uma nova ferramenta para a detecção de veículos furtados e outras ocorrências. A Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), começa a instalar as câmeras LAP (Leitura Automática de Placas). Os equipamentos não serão usados para autuações. O investimento é de R$ 768.873,60. Um dos pontos que terá a câmera será a Ponte do Mirante.

O secretário da pasta, Jorge Akira, enfatizou que as LAP têm a tecnologia OCR (Optical character Recognition), que é o reconhecimento óptico de caracteres, estarão em 40 faixas de rolamento, em 19 cruzamentos da cidade. “Os locais foram estrategicamente escolhidos pela Guarda Civil e Polícia Militar”, explicou.

O delegado Seccional Américo Sidnei Rissato disse que a iniciativa é importante para as ações policiais, com outras forças de segurança. “Piracicaba se destaca pela atuação conjunta nos assuntos relacionados à segurança. O equipamento é excelente para o combate à criminalidade”, afirmou.

Segundo a Semuttran, com a ajuda desses equipamentos, veículos que tenham sido furtados e têm ocorrências registradas serão automaticamente reconhecidos quando passarem por um desses locais. Assim que um veículo furtado passar por algum desses locais, mensagens serão enviadas em tempo real para o Copom (Centro de Operações da Polícia) da PM e para o sistema Detecta. Os radares de velocidade instalados na cidade também detectam veículos com registro de furto.

O apoio da Semuttran tem por finalidade auxiliar a Polícia Militar e Guarda na diminuição de furtos na cidade e, principalmente, na diminuição de acidentes, já que veículos furtados em circulação tem, geralmente, maior probabilidade de causar acidentes”, explicou Akira.

SEGURANÇA

No início de dezembro do ano passado, foi inaugurada a obra de revitalização da CIMM (Central Integrada de Monitoramento e Mobilidade), instalada no 2º andar do prédio do Centro Cívico. O espaço passou por reforma, troca/aquisição de mobiliário e de novos equipamentos. O investimento foi de R$ 480.232,80.

Além disso, a CIMM passou a contar com 15 câmeras, que fazem o monitoramento do trânsito e auxiliam as forças policiais – Guarda Civil e Polícia Militar – em ações de segurança, uma vez que são compartilhadas pelas corporações. As 15 novas câmeras estão em postes de 15 metros de altura, nas vias com maior movimento.

Piracicaba tem 405 mil habitantes e uma frota de 323 mil veículos. Fazer o trânsito fluir, e com segurança, é um grande desafio e esse tipo de investimento ajuda muito”, ressalta Akira.

Cristiani Azanha

[email protected]