Caminhoneiros devem fazer paralisação em casa

Orientação é que fiquem 4 ou 5 dias parados | Foto: Amanda Vieira/JP

Após paralisação em diversos estados na segunda-feira (1), o CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas) orienta os caminhoneiros autônomos a continuarem a mobilização com os caminhões vazios em casa. A decisão se deu após decisões judiciais proibirem ocupação e bloqueio de diversas rodovias do País.


“Agora estamos trabalhando com a categoria para que eles se conscientizem para começarmos fazer nossos protestos vazios, em casa, 4, 5 dias em casa para não ter problema. Para evitar um problema maior. Isso é o que nós estamos orientando”, afirma José Roberto Stringasci, membro do CNTRC e representante do Estado de São Paulo na ANTB (Associação Nacional de Transporte do Brasil).


Em Piracicaba, cerca de 40 caminhões – de acordo com a Polícia Rodoviária – participaram de ato na SP-304 (Geraldo de Barros), próximo à rotatória para Santa Terezinha e na alça de acesso à SP-308 (Hermínio Petrin) entre as 10h e 12h de segunda-feira (1).

LEIA MAIS:


“Eles [concessionárias] entraram com interdito proibitório e nós – como sempre – respeitamos a lei e a ordem do nosso país e nossas autoridades. Mais uma vez ficou provado que nosso movimento não era com cunho político, contra o presidente, nada. Nós estávamos simplesmente reivindicando nossa insatisfação e sobrevivência”, diz Stringasci.


De acordo com o Conselho, os caminhoneiros reivindicam – desde 2018 – o piso mínimo de frete e a movimentação neste ano é fruto também do aumento do combustível, uma vez que o preço é cotado a partir do PPI (Preço de Paridade de Importação) que varia conforme o dólar.


Também estão na pauta contratação direta do transportador autônomo rodoviário de cargas; aposentadoria especial do transportador autônomo rodoviário de cargas, entre outras.

“Houve uma adesão de muitos motoristas que permaneceram com o caminhão, em casa, vazio”, complementa Stringasci.

Andressa Mota

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezessete − 9 =