Campanha de vacinação contra gripe no DF começa na segunda-feira

Campanha de vacinação contra gripe no DF começa na segunda-feira
Fonte: Agência Brasil

A campanha de vacinação contra a gripe no Distrito Federal terá início na próxima segunda-feira (23) e seguirá até o dia 22 de maio. De acordo com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, o dia “D” de mobilização nacional será 9 de maio, um sábado.



O governo de Distrito Federal estabeleceu três fases para a estratégia de imunização contra a influenza. Pessoas com 60 anos ou mais terão todo o período da campanha para se vacinar. Na primeira semana, de 23 a 27 de março, a vacinação será exclusiva para os idosos distribuídos por ordem alfabética do primeiro nome.

– Na segunda-feira (23), devem ser vacinados os idosos cujo nome comece com as letras A, B, C, D e E.

– Na terça-feira (24), pessoas com 60 anos ou mais com nomes iniciados pelas letras F,G, H, I e J.

– Na quarta-feira (25), idosos que tenham nas letras iniciais do nome K, L, M, N e O.

– Na quinta-feira (26), pessoas com 60 ou mais com o primeiro nome iniciado em P, Q, R, S e T.

– Na sexta-feira (27), devem se vacinar os idosos com nomes que comecem com U, V, W, X, Y e Z.

Segundo nota informativa da Secretaria de Saúde, “esta orientação visa minimizar a aglomeração de idosos nas unidades básicas de saúde, entretanto, caso compareçam idosos cujo nome não está previsto para vacinar naquele dia, deverão ser vacinados.” A imunização deverá ocorrer mesmo que as pessoas não levem o cartão de vacinação.

A segunda fase da estratégia de imunização vai de 16 de abril a 22 de maio. Assim como os idosos, poderão se vacinar, nesse período, professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, além de pessoas com condições clínicas especiais.

A terceira fase, de 9 a 22 de maio, inclui crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, adolescentes e jovens adultos de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional.

A secretaria de Saúde do DF pede ainda que pessoas com sintomas respiratórios ou febre sejam orientadas a não comparecerem para a vacinação, enquanto persistirem os sintomas. Da mesma forma, casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 poderão ser vacinados apenas após a resolução dos sintomas (preconizado mínimo de 14 dias). Ainda segundo a secretaria, “não existem na literatura informações específicas sobre a interação de Covid-19 com a resposta as vacinas”. 

Em nota, a Secretaria orienta que as unidades básicas de saúde mantenham horário estendido de atendimento, garantindo a oferta de vacinação na hora do almoço, bem como nos horários noturnos (Saúde na Hora) e aos sábados.

A nota sobre a vacinação contra influenza da Secretaria de Saúde está disponível na íntegra na internet. A secretaria também disponibilizou orientações com relação ao coronavírus

Campanha de vacinação contra gripe no DF começa na segunda-feira