Campanha intensifica busca ativa de casos de tuberculose

Transmissão se dá por vias áreas, pela inalação de aerossóis (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde, o Cedic (Centro de Doenças Infectocontagiosas) e VE (Vigilância Epidemiológica), em conjunto com o Departamento de Atenção Básica, realiza a partir de segunda-feira (14) a Campanha de Intensificação de Busca Ativa de Sintomático Respiratório (Tuberculose), que vai até o dia 28 de setembro.

O objetivo da campanha é identificar precocemente os casos bacilíferos e interromper a cadeia de transmissão da doença. O principal sintoma da tuberculose é a tosse na forma seca ou produtiva. Por isso, recomenda-se que todo Sintomático Respiratório – pessoa com tosse por duas semanas ou mais – seja investigado. Qualquer pessoa que apresente o sintoma acima devem procurar a unidade de saúde mais próxima da sua casa para orientações.

Conforme parâmetro do Ministério da Saúde (MS), a meta para o município de Piracicaba é de 250 coletas durante a campanha. Em 2019 foram registrados 123 casos novos da doença na cidade.

Os testes de TB são realizados pelo Laboratório Municipal. Em campanhas anteriores o município foi premiado por ter ultrapassado a meta estabelecida de exames, pelo fato de ter capacidade de processar quatro amostras de por hora, com equipamento de Teste Rápido Molecular (TRBM-PCR).

TUBERCULOSE
A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas. Há outros sinais e sintomas que podem estar presentes, como febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento e cansaço/fadiga. É causada pelo Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch. No Brasil, a cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose.

TRATAMENTO
A tuberculose tem cura e o tratamento dura no mínimo seis meses. É gratuito e disponibilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde). No tratamento, é preciso obedecer aos princípios básicos da terapia medicamentosa. A esses princípios, soma-se o Tratamento Diretamente Observado (TDO) da tuberculose, que consiste na ingestão diária dos medicamentos da tuberculose pelo paciente, sob a observação de um profissional da equipe de saúde.

TRANSMISSÃO
A transmissão se dá por vias áreas, a partir da inalação de aerossóis. Ao falar, espirrar e principalmente ao tossir, as pessoas com tuberculose ativa lançam no ar partículas em forma de aerossóis que contêm bacilos.