Baeps foram criados para combater o crime de maneira mais ostensiva no Estado (Foto: Arquivo/JP)
Baeps foram criados para combater o crime de maneira mais ostensiva no Estado (Foto: Arquivo/JP)

A campanha para coleta de assinaturas para o abaixo-assinado que pede ao governador João Dória Jr. a instalação do Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar) em Piracicaba tem ganhado espaço e chegado a vários setores da sociedade. A campanha foi idealizada pelo prefeito Barjas Negri e tem como parceiros a Câmara de Vereadores, a Diocese, Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), a imprensa local, incluindo o Jornal de Piracicaba e a Revista Arraso, além de articulação do deputado estadual Roberto Morais (PPS). A Secretaria Municipal de Educação também entrou na campanha e conseguiu 2.414 assinaturas.

Representantes das cidades de São Pedro, Santa Maria da Serra, Saltinho e Mombuca entregaram o abaixo-assinado, além de moção de apelo ao governador. Uma sede do Baep em Piracicaba atenderia a região, incluindo esses municípios.

Entidades e sindicatos também se mostram preocupados com a segurança. É o caso do Simespi (Sindicato Patronal da Indústria), do Ipasp (Instituto de Previdência e Assistência Social dos Funcionários Municipais de Piracicaba) e do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Papel, Papelão e Cortiça de Piracicaba, que também se mobilizaram em sua sedes para coletar assinaturas.

Em sua campanha ao governo do Estado pelas redes sociais, no ano passado, João Dória assumiu alguns compromissos com Piracicaba, um deles foi a instalação do Baep. Barjas Negri lembra que a questão da segurança tem estado na pauta do governador Dória, que anunciou neste mês a criação de 4 novos Batalhões: São Bernardo, São Paulo (região Central), Presidente Prudente e São José do Rio Preto. Os Baeps foram criados para combater o crime de maneira mais ostensiva no Estado. Nas unidades especializadas, as equipes atuam de forma semelhante aos padrões do policiamento de Choque. Atualmente, há cinco Baeps distribuídos em Campinas, Santos, São José dos Campos, zona Leste da Capital e Barueri. A previsão é que os quatro novos Baeps passem a funcionar em meados de abril.

PONTOS DE ASSINATURA

O JP e a Revista Arraso disponibiliza para a população dois pontos para coleta de assinaturas da campanha. A primeira fica no Balcão JP no Centro da cidade (rua Boa Morte, 1.403) e outra na avenida Comendador Luciano Guidotti, 2.525, no Jardim Pacaembu). Na sede da Acipi e na Prefeitura também é possível aderir a campanha.

Beto Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × cinco =