Campanha para evitar mortes de saruês é iniciada na cidade

Alessandra Bellucci iniciou a campanha na cidade (Maycon Barbon)

A campanha para evitar as mortes dos saruês foi iniciada no Jardim Brasília, na última semana. Também conhecido como “gambá de orelha preta”, às vezes podem ser confundidos com ratos, mas o que muitas pessoas não sabem é que se caçar, ferir, matar esse animal é crime ambiental.

A perda de seu habitat natural devido ao desmatamento, queimadas, entre outros, está ficando cada vez mais comum seu aparecimento em áreas urbanas a procura de comida. Como são lentos e pacíficos, viram alvos fáceis de espancamento ou até morte. No entanto, na natureza, eles exercem um papel muito importante, pois é predador de animais peçonhentos como escorpiões e serpentes.

Saruê é predador de animais peçonhentos como escorpiões e serpentes (Reprodução)

A protetora e vereadora Alessandra Bellucci (REP) que iniciou o projeto na cidade ressaltou esses animais quando ameaçados abrem a boca, rosnam e assopram para intimidar o atacante. Quando ameaçados ou atacados  também podem se fingir de morto. Podem também exalar um cheiro mais forte como meio de defesa. O cheiro não é igual ao cheiro que o gambá norte americano (o preto e branco dos desenhos) exala.

 “Nosso gabinete recebeu denúncias de que os saruês sofriam maus-tratos e mortandades, muitos com filhotes, na região do Jardim Brasília fica próxima a uma extensa área de mata. Conversamos com alguns moradores e comerciantes daquela região para explicar que os saruês não são como ratos, que passam algumas doenças com leptospirose, ou que podem atacar. Explicamos que não fazem mal. Caso algum entrar em casa, pode espantá-lo, desde que não os maltratem ou matem”, disse Alessandra. “Só teremos uma  evolução quando que as pessoas forem conscientes sobre a responsabilidade que temos em preservar os animais. Também estamos conversando com alunos de escolas sobre a importância dos cuidados com os animais, desde os domésticos como alimentação, cuidados, castração entre, outros até os animais silvestres que precisam ser protegidos”, completou.

A parlamentar é autora da indicação protocolada na sexta-feira (19) para solicitar ao Executivo a campanha contra maus-tratos e conscientização da importância dos saruês no meio ambiente.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove + dezoito =