Campinas fará rodízio de veículos para reduzir circulação de pessoas

Campinas fará rodízio de veículos para reduzir circulação de pessoas
Fonte: Agência Brasil

A prefeitura de Campinas, no interior paulista, anunciou hoje (13) que o município adotará o rodízio de veículos a partir da próxima segunda-feira (18). Segundo a administração municipal, o objetivo da medida é diminuir a circulação de pessoas e frear a disseminação do novo coronavírus na cidade.




O rodízio visa ainda a reduzir o número de acidentes no trânsito e, consequentemente, poupar leitos do sistema de saúde disponíveis no município. 

A medida inclui carros e motocicletas com placas locais e também de outras cidades. O rodízio será de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, com o seguinte esquema: ficam proibidos de transitar em Campinas veículos com placas de final 1 e 2 às segundas-feiras; 3 e 4, às terças-feiras; 5 e 6, às quartas-feiras; 7 e 8, às quintas-feiras; e 9 e 0, às sextas-feiras.

Segundo a prefeitura, o rod[ízio será por tempo indeterminado e valerá em todo o município. As exceções estarão em um regulamento a ser divulgado no Diário Oficial do Município na próxima sexta-feira (15). 

Quem desrespeitar o rodízio será punido segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê infração de tipo médio, com aplicação de 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 130,16.

De acordo com a administração municipal, a frota do transporte coletivo será ampliada enquanto durar o rodízio.

“Precisamos tomar medidas de contenção para atender a todos os que precisarão do sistema de saúde. Eu gostaria muito de ter uma data e chegar aqui para dizer quando isso vai acabar. Espero que haja um efeito [do rodízio] também psicológico, para que as pessoas percebam a gravidade da situação”, alertou o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, em mensagem transmitida pelas redes sociais.

Campinas fará rodízio de veículos para reduzir circulação de pessoas