Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o Inca, 70% das mulheres brasileiras com idades entre 50 e 69 anos têm acesso à mamografia. (Foto: Freepik)
Por Júnior Batista

Toda mulher com 50 anos ou mais precisa fazer mamografia a cada dois anos. O exame ainda é a forma mais eficaz de detectar alterações nos seios capazes de gerar um câncer de mama.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o Inca, 70% das mulheres brasileiras com idades entre 50 e 69 anos têm acesso à mamografia. Na prática, porém, só 20% fazem essa avaliação regularmente, o que é preocupante. Para os especialistas, o ideal seria que – pelo menos – 70% fizessem o exame. Caso contrário, é muito difícil diminuir a mortalidade por conta da doença.

Alerta

Levantamentos comprovam que o câncer de mama é o segundo tipo mais comum em mulheres, perdendo apenas para um subtipo específico de câncer de pele. Entretanto, é o que mais mata.

Apesar disso, ainda existem mulheres que evitam fazer o exame, seja por receio de um possível incômodo durante o teste ou medo do diagnóstico. Quando o problema é descoberto no início, as chances de cura são muito maiores.

Por isso, é importante fazer a mamografia regularmente, prevenindo assim contra a doença. Aliás, consulte regularmente um médico especializado para uma avaliação completa. Além disso, mantenha hábitos saudáveis, com uma dieta equilibrada e a prática de atividade física.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze + dez =