Cão Eagle da Polícia Civil localiza drogas escondidas

Mais de 450 porções de drogas foram apreendidas (Divulgação)

Um homem foi preso acusado de envolvimento no tráfico de drogas, no Parque dos Sabiás, nesta quarta-feira (19). O cão de faro Eagle, da 2ª Dise/Deic (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes da Divisão Especializada de Investigações Criminais) ajudou na localização de 1,5 tijolo de maconha, 351 trouxinhas da mesma droga, 180 microtubos de cocaína, 26 porções de skunk, material para embalagem. A ação contou com o apoio da UIP (Unidade de Inteligência Policial) do Deinter-9.

De acordo com os policiais, durante investigações visando combate ao tráfico de entorpecentes no bairro, os policiais identificaram um rapaz, que seria o responsável por guardar drogas em sua casa. Os agentes conseguiram abordá-lo, no momento em que deixava a comunidade.

Inicialmente, ele negou qualquer envolvimento com o tráfico de drogas. Na moradia, onde estava nada de ilícito foi encontrado. No entanto, após os policiais checarem um segundo endereço na mesma região, que também seria de sua propriedade, ele acabou confessando que tinha entorpecentes em casa.

Ele teria entregado a chave aos policiais, e em seguida, eles fizeram as buscas com o cão Eagle. O animal teria identificado o local, onde estava escondido os kits de entorpecentes, bem como um tijolo de maconha, material para embalo e balanças de precisão. Levado à sede da delegacia especializada, o suspeito foi autuado em flagrante sob acusação de tráfico de drogas e depois ficou na carceragem até ser apresentado à audiência de custódia.
As drogas serão periciadas pelo IC (Instituto de Criminalística).

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

16 − 9 =