Cão farejador Eagle da Deic ajuda na localização de drogas em comunidade

Dois homens foram presos acusados de envolvimento com o tráfico de drogas foram localizados pela Polícia Civil, na terça-feira (20), no início da viela que dá acesso a favela conhecida como “Vera Cruz”, que facilita a fuga a pé para o interior da comunidade, em caso de eventual ação policial pelo local. Na ocasião foram apreendidos 376 pedras de crack, 127 porções de cocaína e R$ 39. Parte dos entorpecentes foi apreendida com a ajuda do pastor belga de malinois Eagle, da 2ª Dise/Deic (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes da Divisão Especializada de Investigações Criminais).

Com a ajuda de outras equipes, os policiais saíram das viaturas, caminharam pelos fundos da comunidade e surpreenderam os suspeitos pelas costas. Outros agentes cercaram a praça com as duas viaturas. Após a abordagem, os policiais localizaram com os acusados 15 porções de cocaína e 63 pedras de crack. Com auxílio do cão, os policiais realizada busca na vegetação e localizaram uma sacola contendo outras 148 porções de crack.

Suspeitos foram localizados perto de viela (Divulgação/Deic)

Questionados sobre os respectivos envolvimentos no tráfico de drogas, ambos confessaram ter mais entorpecentes em suas respectivas residências. Nas moradias dos suspeitos, os agentes localizaram mais 112 porções de cocaína e 165 porções de crack. Os dois suspeitos foram encaminhados à sede da delegacia especializada, onde prestaram depoimento. Eles responderão a acusação de tráfico de drogas e permanecerão presos até serem apresentados às respectivas audiências de custódia. A investigação continuará a ser realizada pela polícia para identificar outros acusados.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

19 + doze =