Carlinhos, comerciante dono do Dourados, é sepultado nesta segunda (21) em Piracicaba

Foto: Facebook

O comerciante Carlos Alberto Camargo, de 47 anos, dono do tradicional restaurante Dourados, foi morto a facadas por um funcionário, dentro do estabelecimento, por volta das 08h30 deste domingo (20), em Piracicaba (SP). O restaurante fica na esquina da avenida Cruzeiro do Sul com a rua dos Tico Ticos, no bairro Nova Piracicaba.

A Polícia Militar informou que, na manhã deste domingo, realizava patrulhamento de rotina pelo município, quando tomou ciência de que uma agressão com faca havia ocorrido no restaurante Dourados. Assim que os policiais chegaram ao local, no bairro Nova Piracicaba, encontraram um funcionário, de 45 anos, detido pelos funcionários. Já Carlos Alberto Camargo, o Carlinhos, estava ensanguentado e com várias facadas pelo corpo. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), por meio do médico Ricardo Fabião, realizou os primeiros socorros a Carlinhos ainda no local, porém ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no restaurante.

O indivíduo autor do crime foi preso ainda no local e conduzido rapidamente ao Plantão Policial do município, por conta de um princípio de tumulto que se formou no local, onde várias pessoas queriam agredi-lo.

Carlinhos foi atacado a facadas quando se encontrava no caixa do estabelecimento. Um funcionário do restaurante, que trabalha na churrasqueira há 14 anos, contou que estava preparando os peixes assados para colocar na churrasqueira, quando ouviu vários gritos de “socorro, briga, facada” vindos do caixa. Assim que foi até o local, encontrou o indivíduo em cima de Carlinhos, desferindo várias facadas, sendo que ambos estavam debaixo de uma mesa. Dois funcionários do restaurante intervieram na situação, desarmaram o indivíduo e o levaram para a parte de fora do restaurante. O funcionário contou ainda que conhece o autor do crime há mais de oito anos, mas que, de uns seis meses para cá, o indivíduo mudou o jeito de ser e já não conversava mais com as pessoas. O funcionário contou ainda que o indivíduo já havia sido afastado do trabalho anteriormente por conta de problemas psicológicos.

O ajudante geral de cozinha, que trabalha no Dourados há dois anos, levou uma facada na mão ao tentar apartar a briga. Ele foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Rezende, onde passou por atendimento médico. Ele teve o tendão da mão esquerda cortado e, possivelmente, terá de passar por cirurgia.

A equipe do Jornal de Piracicaba foi a primeira imprensa a chegar no restaurante na manhã deste domingo. Um funcionário contou à equipe que não houve briga nem discussão antes do crime.

SEPULTAMENTO — A vítima Carlos Alberto Camargo, o Carlinhos, deixa pai (seu Zé), mãe, irmãos, esposa, filhos e amigos. De acordo com o Grupo Unidas, seu velório ocorre desde as 06h de hoje no Cemitério Parque da Ressurreição. O sepultamento ocorre às 12h, na mesma necrópole.

Após o crime, o corpo de Carlinhos foi removido de dentro do Dourados sob salva de palmas. Confira o vídeo abaixo.

Imagem: Rafael Fioravanti/JP
Foto: Rafael Fioravanti
Foto: Rafael Fioravanti
Foto: Rafael Fioravanti
Foto: Rafael Fioravanti

Rafael Fioravanti | [email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 − 6 =