Casos de dengue aumentam 4,5 vezes nas últimas 11 semanas

Foram 6 casos em 2019 para 27 neste ano | Foto: Amanda Vieira/JP

Nas últimas 11 semanas, Piracicaba registrou 4,5 vezes mais casos de dengue do que no mesmo período do ano passado. Entre os dias 20 de setembro e 5 de dezembro de 2020, foram registrados 27 casos da doença. Enquanto que entre 22 de setembro e 7 de dezembro de 2019, foram apenas seis casos. Aumento de 350%. Os dados são da SMS (Secretaria Municipal de Saúde). A reportagem analisou os registros da 39ª semana epidemiológica até a 49ª. De acordo com o Ministério da Saúde, por convenção internacional, as semanas epidemiológicas são contadas de domingo a sábado.


Esse aumento de casos vai na contramão do que ocorreu com os registros de dengue na cidade este ano. Até 5 de dezembro, ou seja, nas 49 semanas epidemiológicas, foram registrados 1.360 casos, enquanto que no mesmo período de 2019 foram 4.054 casos.

LEIA MAIS:


De acordo com o infectologista da Unimed, Tufi Chalita, esse movimento de aumento de casos no fim do terceiro e no quarto trimestre do ano, mesmo com a longa estiagem entre setembro e outubro, pode ter ligação com a relação que as pessoas tiveram com a casa em decorrência do isolamento social pela pandemia.


O médico conta que, de março a setembro, por estar mais em casa, as pessoas encontraram nas atividades como limpar as calhas, cuidar do jardim, entre outras, alternativas por não poder sair. Já a partir de setembro, com a flexibilização da quarentena e com menos medo da covid-19, as pessoas voltaram a sair de casa, o que proporcionou a diminuição dos cuidados domésticos, propiciando mais criadouros do mosquito Aedes Aegypti, que transmite a dengue.


O médico percebeu esse aumento dos casos de dengue nas últimas semanas no consultório e alerta para a necessidade de atenção, uma vez que tanto a dengue quanto a covid-19 são doenças que causam infecções e dependem da imunidade, uma vez que não têm tratamentos específicos para elas.

Andressa Mota

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

9 − oito =