Casos de recém-nascidos infectados aumentaram 5,5 vezes

Foto: Alessandro Maschio/JP

De julho a dezembro de 2020 foram 22 casos, enquanto neste 1º semestre os registros saltaram para 121

O número de recém-nascidos infectados pelo novo coronavírus aumentou cinco vezes e meia em Piracicaba no comparativo com 2020 e os casos registrados neste ano. De acordo com os dados da Vigilância Epidemiológica do município, de julho a dezembro do ano passado foram 22 casos, enquanto que neste primeiro semestre, os registros saltaram para 121.

A Secretaria de Saúde informou que, no levantamento, são considerados os recém-nascidos positivados até 15 dias depois do nascimento. Neste ano, o mês de maio apresentou o maior número de casos entre os recém-nascidos; foram 25 bebês diagnosticados com covid-19.

Conforme matéria publicada nesta semana pelo Jornal de Piracicaba, de julho a dezembro de 2020 foram positivadas 74 gestantes com covid-19 e, de janeiro a julho deste ano, o total foi 153 diagnósticos positivos. Diferente do publicado na reportagem, em 2021 houve o registro de uma morte de gestante vítima de covid-19. O óbito ocorreu em junho e a mulher tinha 39 anos de idade.

CASOS E MORTES
Nesta quinta-feira, a Secretaria da Saúde registrou dois óbitos por covid-19, sendo um homem de 68 anos e uma mulher de 72 anos. As estatísticas municipais registram 1.229 óbitos. A pasta registra também, 62.057 casos confirmados da doença. Ontem a cidade diagnosticou mais 166 novos casos.

Já a taxa de ocupação da UTI (unidade de Terapia Intensiva) do SUS (Sistema Único de Saúde) estava ontem em 84%, enquanto o setor privado ocupava 71% dos leitos. Em relação aos leitos de enfermaria, a situação era inversa; os leitos do SUS permaneceram com 46% ocupados, enquanto a enfermaria do setor privado atingiu o recorde de 94% de ocupação.

BRASIL
A pandemia do novo coronavírus provocou, até o momento, 538.942 mortes no País. Em 24 horas, as autoridades de saúde registraram 1.548 novos óbitos. O número de pessoas que pegaram covid-19 chegou a 19.262.518. Ontem, as secretarias estaduais de Saúde confirmaram 52.789 novos casos da doença, segundo o painel do Ministério da Saúde.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezoito + quinze =