Casos e mortes aumentaram 4 vezes entre novembro e janeiro

Em novembro foram 11 óbitos e 1.570 infectados. Em janeiro, até ontem, eram 7.287 positivados e 46 mortes. (Foto: Amanda Vieira/JP)

Piracicaba registrou até esta terça-feira (26), quatro vezes mais o número de casos positivos e de mortes por covid-19 quando comparados aos indicadores do mês de novembro e um aumento de 39% nos óbitos e 81% nos casos confirmados registrados em dezembro. De acordo com os dados da Secretaria de Saúde do município, em janeiro – até ontem – a cidade já registrava 7.287 casos de infecções e 46 mortes pela doença. Em novembro, as estatísticas municipais apontaram 11 óbitos e 1.570 infectados pela covid-19. Já no mês de dezembro, foram 33 mortes e 4.005 infectados pelo coronavírus.

Nesta terça-feira, a Secretaria de Saúde registrou três mortes em razão da covid-19. As vítimas são uma idosa de 85 anos e dois homens de 59 anos.

Com os óbitos, o número de mortes por covid-19 no município aumentou para 462. Em relação aos infectados pela doença, foram mais 320 pessoas nas últimas 24 horas, sendo 181 mulheres (com idade entre sete e 85 anos) e 139 homens (entre dois e 87 anos), elevando o número de contaminados para 29.759.

A cidade também registra 25.888 pessoas recuperadas da doença, outras 3.409 em tratamento, 2.742 casos suspeitos e 58.337 casos descartados.

COMPARATIVO NO ESTADO

Piracicaba ficou bem acima da média do Estado no número de infecções e mortes por covid-19, no comparativo entre os meses de novembro e janeiro.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde, São Paulo registra até esta terça-feira o dobro de novos casos e mortes pela covid-19 se comparados aos indicadores de novembro, e um aumento de 15% nas infecções e 11% nos óbitos em relação a todo o mês de dezembro.

Em janeiro já são 252.956 casos e 5.121 mortes. Em todo o mês de dezembro, foram 220.664 e 4.622, respectivamente. Já em novembro, foram 125.526 casos e 2.784 óbitos.

Em toda a pandemia , já ocorreram 51.838 óbitos e 1.715 milhão de casos confirmados do novo coronavírus.

Entre o total de casos diagnosticados de covid-19, 1.477 milhão de pessoas estão recuperadas, sendo que 175.205 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), em todo o Estado de São Paulo, são de 71% na Grande São Paulo e no Estado.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

3 × 5 =