Caxias do Sul sedia primeira edição da Surdolimpíada na América Latina

Caxias do Sul sedia primeira edição da Surdolimpíada na América Latina
Fonte: Agência Brasil

A cidade gaúcha de Caxias do Sul recebe no próximo domingo (1) a Cerimônia de Abertura da 24ª edição da Surdolimpíada de Verão (o maior evento multidesportivo internacional para atletas surdos do mundo). Esta é a primeira vez na história que a América Latina recebe a competição, que termina no dia 15 de maio e reúne mais de 5 mil atletas representando 77 países.

Nesta edição o Brasil terá a sua maior delegação na história da competição, com 237 componentes (199 atletas e 38 membros da comissão técnica) que participarão de disputas em 17 modalidades: futebol, vôlei, handebol, basquete, atletismo, badminton, natação, ciclismo, mountain bike, tiro esportivo, orientação, tênis de mesa, judô, karatê, tênis, vôlei de praia e taekwondo.

Com uma delegação tão numerosa, a expectativa de conquistar medalhas é a melhor possível, como afirma a presidente da Confederação Brasileira de Desportos de Surdos, Diana Kyosen: “Esta edição da Surdolimpíada será muito especial. Além de ser realizada no Brasil, nós teremos a maior delegação brasileira da história […]. Espero que possamos ter bons desempenhos”.

Brasil na Surdolimpíada

O Brasil já participou de seis edições do evento, ocupando a 56° posição na classificação geral do evento. Porém, as medalhas vieram apenas nas três últimas, sendo dez no total (1 ouro, 1 prata e 8 bronzes).

A primeira conquista foi obtida em 2009, em Taipé (Taiwan), um bronze com o judoca Alexandre Fernandes. Quatro anos depois veio a primeira prata, com o nadador Guilherme Maia Kabbach, que também levou para casa dois bronzes. Nesta edição quem também terminou uma prova na terceira posição foi o carateca Heron Rodrigues da Silva.

Mas a melhor campanha brasileira em uma Surdolimpíada foi alcançada em 2017, em Samsun (Turquia). O Brasil terminou com um ouro do nadador Guilherme Maia, que também conquistou um bronze. Além dele, o Brasil foi bronze no Futebol Feminino, com o judoca Alexandre Fernandes e com o carateca Heron Rodrigues da Silva.

Estreia com o futebol

A estreia do Brasil na Surdolimpíada será antes da Cerimônia de Abertura, a partir das 10h (horário de Brasília) deste sábado (30) com o jogo contra Camarões no torneio de futebol masculino. As competições serão transmitidas pelo canal da Surdolimpíada internet.

Caxias do Sul sedia primeira edição da Surdolimpíada na América Latina

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

2 × 4 =