Centro Esportivo MR conclui projetos, mas estende legado

Marcos Ribeiro relembra os atletas revelados durante esse período CRÉDITO: Divulgação

Com o término dos contratos via chamamento público, conforme anunciado pela Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) no último dia 4, os projetos de boxe, capoeira e kickboxing desenvolvidos pelo Centro Esportivo MR serão encerrados no final do mês de fevereiro. As atividades presenciais continuam suspensas devido à pandemia da covid-19. As aulas na reta final de execução dos projetos, portanto, estão sendo oferecidas virtualmente.

Os projetos organizados pelo Centro Esportivo MR revelaram talentos como os irmãos Julia Alves e Marcos Alves, consolidados no kickboxing, e Ramon Batagello, que no início do ano passou a integrar a seleção brasileira de boxe. Os três atletas se destacaram com as conquistas de cinturões, além de títulos dos campeonatos Paulista e Brasileiro, Jogos Abertos do Interior e eventos internacionais. O coordenador dos programas, Marcos Ribeiro, destacou o trabalho realizado.

“Trabalhamos com muita seriedade e comprometimento. Conseguimos oferecer as modalidades para crianças e jovens, da base ao alto rendimento. Nós também participamos de muitas competições e conquistamos diversos títulos. Foi muito satisfatório e produtivo. Crescemos e aprendemos nessa parceria com a Selam. Agradeço muito pela oportunidade. Se houver a possibilidade de um novo chamamento, vamos desenvolver um plano de trabalho e apresentar para a nova gestão”, afirmou.

As atividades oferecidas pelo Centro Esportivo MR atendem as determinações do Marco Regulatório (Lei Federal 13.019/2014) e seguem em formato online, o que criou um novo laço na relação com os alunos. “Ficamos mais próximos, conversamos e interagimos, mesmo sabendo que o acesso à internet não é igual para todos, mas não poupamos esforços. O esporte não abrange apenas a parte técnica, mas também a saúde, bem-estar e relação social. São vários objetivos atrelados ao mesmo ponto. Esperamos voltar com os projetos em breve”, disse Ribeiro.

Apesar do encerramento do chamamento público, o boxe continuará sendo ofertado gratuitamente pelo Centro Esportivo MR a partir de março, para crianças com idade mínima de 10 anos. As atividades acontecerão presencialmente, seguindo os protocolos de segurança, de segunda a quinta-feira, das 14h às 15h. “Temos pessoas da casa, que estão treinando e participam de competições. São meus alunos e tenho compromisso com eles. Sou fruto do Projeto Desporto de Base, tenho uma gratidão muito grande pelo PDB e, enquanto eu puder, vou levar esse legado que recebi”, finalizou.

SPORT WAY
O anúncio sobre o encerramento dos projetos aprovados em 2018 via chamamento público, também impacta a Associação Sport Way, que deixará de oferecer as modalidades de biribol, ginástica rítmica, karatê feminino, karatê masculino, judô feminino, tênis feminino e tênis masculino. Por conta da pandemia, as atividades presenciais foram suspensas em março de 2020 as aulas, entretanto, foram adaptadas e continuam sendo oferecidas virtualmente.

As aulas de karatê terminam neste mês de fevereiro, enquanto as demais modalidades serão encerradas no final de março. Responsável técnico da Associação Sport Way, Diego Spigolon destacou o trabalho realizado desde o início do processo. “Durante esse período de parceria, a Sport Way mostrou competência nos serviços prestados, honrando os compromissos, realizando as aulas e seguindo tudo conforme foi solicitado pela Selam e pela Prefeitura de Piracicaba”, disse Spigolon.

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

19 + onze =