Cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos de Tóquio/2020

Daniel Dias será o porta-bandeira do Brasil - Crédito foto: CPB

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio/2020 chegam ao fim e com eles, a capital japonesa se despede das competições esportivas mais importantes para atletas com deficiências físicas e intelectuais.

A Cerimônia de Encerramento das Paralimpíadas acontece neste domingo, dia 5, a partir das 8h, no horário de Brasília. O evento será transmitido ao vivo do Estádio Nacional do Japão, na capital japonesa. No Brasil, a cerimônia pode ser conferida pela TV Brasil na TV aberta ou pelo canal SporTV, nos canais por assinatura.

De acordo com informações divulgadas pela organização do evento, a festa pretende promover a reflexão entre os telespectadores com a mensagem: “o ponto de partida de uma nova era de coexistência que equilibra a natureza e a sociedade humana”.  O principal objetivo é levar a mensagem para crianças e jovens sobre a harmonia e a promessa de um futuro melhor.

Durante o evento que seguirá sem a presença de público, serão apresentadas atrações como danças, músicas e o desfile tradicional das bandeiras dos países participantes.

O CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) escolheu o nadador multicampeão Daniel Dias para ser o porta-bandeira da delegação brasileira no desfile de encerramentos dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O anúncio da escolha do atleta foi feito pelo presidente do CPB, Mizael Conrado. “O porta-bandeira do Brasil, como não poderia deixar de ser, é uma homenagem ao maior de toda a história, o maior atleta da natação paralímpica mundial.” – disse Mizael Conrado.

Com o encerramento dos Jogos Paralimpícos em Tóquio, a cidade de Paris, na França, começa os preparativos para receber as próximas edições das olimpíadas e paralimpíadas de 2024

O Brasil nas Paralimpíadas

Com os resultados obtidos pela delegação brasileira até a manhã da sexta, dia 3, penúltimo dia das competições em Tóquio, o Brasil chegou a 21 medalhas de ouro e igualou a melhor marca de sua história, alcançada nos Jogos de Londres 2012. Além disso, o país ultrapassou a marca de 100 medalhas de ouro na história dos Jogos Paralímpicos.

Edilson Morais

[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 + treze =