Chocolate é veneno para seu pet

Foto: Freepik

Saiba porquê alguns alimentos e até bebidas podem afetar seriamente a saúde do seu melhor amigo

Em edições passadas, a Arraso publicou uma matéria falando sobre alimentação canina e felina e que elas podem ir além da ração convencional, mas é necessário ressaltar o que um animal não deve comer. Por isso na matéria de hoje falaremos dos alimentos prejudiciais e até venenosos para os pets.

CHOCOLATE

Para muitos não é novidade que essa deliciosa sobremesa com base em cacau é letal para os animais, mas você sabe por qual motivo?
“Cães e gatos não são capazes de quebrar ou metabolizar a teobromina como os humanos e, por isso, ela acaba afetando as vísceras, o coração, o sistema nervoso central e os rins dos animais”, esclarece o médico-veterinário Marcio Thomazo Mota, presidente da Comissão Técnica de Clínicos de Pequenos Animais do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP). O veterinário explica que o chocolate contém uma substância chamada teobromina, que é tóxica para os pets.
Essa substância está correlacionada ao percentual de cacau nos alimentos, quanto maior o percentual de cacau, mais letal o alimento se torna se consumido por cães ou gatos. “Apesar dos chocolates ao leite e branco terem um nível menor de substâncias tóxicas para os pets, também fazem mal e não devem ser oferecidos”, alerta o médico-veterinário Yves Miceli.
De acordo com Yves, como a teobromina age intensamente no organismo, pode ocorrer aumento de contrações musculares, excitação nervosa, micção em excesso, elevação da temperatura corporal, respiração acelerada, taquicardia, vômitos e diarréias.

ALCOOL

Se o álcool já é maligno para o corpo humano, já imaginou o quanto faz mal para o corpo dos animais? O consumo destas bebidas pode acarretar em problemas como úlcera, gastrite, baixa imunidade, problemas renais e neurológicos, além de morte. Se estiver tomando um vinho ou uma cerveja seu cachorro, provavelmente, vai mostrar interesse, pois essas bebidas carregam açúcar em sua composição atraindo o faro dos cães e gatos.
Os veterinários relembram que é dever do tutor guardar em lugares longe dos animais tais alimentos e, caso ocorra a ingestão acidental, procurar o mais rápido possível um centro veterinário.

Larissa Anunciato

[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × um =