Chuva derruba árvores em ao menos 15 pontos da cidade

Chuva com ventos derrubou diversas árvores pela cidade | Foto: Claudinho Coradini/JP

Foi questão de 15 minutos de chuva na tarde de hoje, mas o suficiente para causar danos e transtornos em Piracicaba. O temporal derrubou árvores e postes de energia elétrica, no entanto, segundo divulgou a Defesa Civil, que recebeu 15 chamadas ate às 17h de segunda-feira (16), não foram registrados alagamentos ou pessoas feridas decorrente do impacto da chuva. De acordo com o Boletim Diário da Sala de Situação PCJ, a precipitação de ontem foi de apenas 0,75 mm (milímetros).

Com a chuva, o rio Piracicaba subiu 1,24 metro e atingiu a vazão de 33,55 m³ (metros cúbicos). A vazão média do mês, após a rápida precipitação de ontem à tarde, é de 24,31 m³ e continua bem a baixo (59,48%) da vazão média histórica de novembro, que é de 82,79 m³. No dia 16 de novembro do ano passado, a vazão do Piracicaba, no município, era de 114,98 m³.

A maioria das chamadas da Defesa Civil foi devido à queda de árvores. O órgão informa que os bairros mais atingidos pelo temporal de ontem foram Castelinho, Nova Piracicaba e Vila Rezende. Quedas de árvores foram registrados, por exemplo, na rua Barão de Valença, na avenida Armando Césare Dedini, altura do 509, rua das Camélias, 123, e rua João Batista de Castro com Acácio do Canto. De acordo com a Defesa Civil, a previsão é que até terça (17) todos os casos estejam resolvidos.

Segundo a Defesa Civil, uma árvore de grande porte caiu sobre a fiação elétrica na avenida Presidente Kennedy com rua dos Maçons. A árvore ficou apoiada na fiação, mas não houve queda de energia. No fim da tarde de ontem, segundo o órgão, a CPFL faria o desligamento da rede e a retirada da árvore.

O mesmo caso ocorreu na rua Dona Francisca com Armando Cesare Dedini. Os galhos de uma paineira caíram sobre a rede elétrica, mas nesse caso, estourou cabos de eletricidade. A CPFL igualmente faria a retirada.

Na rua Campinas, 240, no Castelinho, uma árvore caiu em frente ao portão de uma residência e, na rua Juritis (Nova Piracicaba), outras árvores caiu sobre a casa, informou a Defesa Civil. Já na rua Inácio da Cunha Caldeira, uma árvore caiu sobre o muro e telhado de uma residência, enquanto na Lilia Guerrini Sega, 330, a queda ocorreu em frente a uma garagem. No Morumbi, uma árvore caiu na sede do Tiro de Guerra, e como destacou o órgão, ninguém ficou ferido.

Outro ponto afetado pela chuva foi a Estrada dos Marins. Como ressalta a Defesa Civil, o vento forte derrubou várias árvores. “Equipes da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Sema) já trabalham para retirar essas árvores”, garante o órgão.

Erick Tedesco

Leia mais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 − quatro =