Cidade registra mais de 1.600 casos de dengue até 1º de abril

0
214 views
A empresa Oxitec, por meio da sua Assessoria de Imprensa, procurou o Jornal de Piracicaba para reafirmar o interesse na parceria com a Prefeitura de Piracicaba, para continuidade do projeto Aedes do Bem no município (Foto: Claudinho Coradini/JP)

De 1º de janeiro a 1º de abril, Piracicaba contabilizou 1603 novos casos de dengue. Os dados são da Vigilância Epidemiológica. Em 2019, no mesmo período, foram registrados 553 casos e, em 2020, 691 casos. Anteontem o Cemitério da Saudade passou por varredura dos agentes de saúde e o próximo arrastão está marcado para o sábado, (10), no Jardim Paineiras, Jardim Vitória e Santo Antônio, das 8h30 às 14h30.

O aumento expressivo de casos tem preocupado os leitores do JP que, por meio das redes sociais relataram casos de dengue em vários bairros da cidade. A leitora Jill Holtz de Almeida, de 38 anos e proprietária de salão de beleza é moradora no bairro Vila Monteiro e disse que ela e os dois filhos foram contaminados. “A população quer saber sobre os mosquitos do bem, o que aconteceu com o projeto? Ações de conscientização? O Fumacê que passava nas ruas.”, reforça.

Segundo nota da prefeitura JP, o projeto “Aedes do Bem” segue em processo de parceria entre a Prefeitura de Piracicaba e a empresa Oxitec. Toda a documentação solicitando a parceria já foi enviada e a Secretaria de Saúde e aguarda o retorno da empresa.

A empresa Oxitec, por meio da sua Assessoria de Imprensa, procurou o Jornal de Piracicaba para reafirmar o interesse na parceria com a Prefeitura de Piracicaba, para continuidade do projeto Aedes do Bem no município. A empresa informou que enviou a proposta no dia 4 de março de 2021 à Prefeitura, tendo reenviado em 15 de março de 2020, e aguarda retorno.

Matéria atualizada: 09/04, às 14h14

Isabella Ercolin
[email protected]

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezessete − cinco =