Cidade reuniu mais de 900 mil pessoas em atrações culturais

Número representa crescimento de 30% em relação a 2018; maior parte participou de eventos gratuitos (Foto: Rodrigo Alves)

De festivais a oficinas. Em 2019, os piracicabanos puderam conferir, na cidade, apresentações teatrais, de dança, musicais e exposições lúdicas e educativas. Ao todo, as atrações culturais em Piracicaba, no ano passado, reuniram 925.503 mil pessoas.
Os dados são da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo), que promoveu e apoiou as atividades. Esse número representa aumento em 30% na procura pelas atividades culturais, se comparado a 2018.
“Cada (atração) atrai um público específico e, dessa forma, conseguimos oferecer o melhor da cultura a todas as faixas etárias”, comenta secretária da Ação Cultural de Turismo, Rosângela Camolese.
Entre as atrações gratuitas, o público chegou a 872.787 pessoas, o que representa 94% do total, enquanto que as pagas somaram 52.716 participantes.
“Trabalhamos muito durante todo o ano para oferecer à população piracicabana e visitantes o melhor da cultura […] com acesso totalmente gratuito”, complementa Rosângela.

Atrações no Engenho Central reuniram o maior público (Foto: Amanda Vieira/JP)

Apenas o Parque do Engenho Central reuniu, durante todo o ano, pelo menos 221 mil pessoas, 24% do total, em shows, carnaval, feiras, eventos empresariais e as tradicionais festas e encontros, como a Festa do Peixe e da Cachaça, Dia Nacional do Samba, Afropira, Parada LGBT, Espetáculo de Natal, Festa do Sorvete, Festival Paulista de Circo, Festa das Nações, Paixão de Cristo e Feira Gastronômica.



Teatros Losso Netto e Engenho receberam 112.929 espectadores (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Já os teatros municipais Dr. Losso Netto e do Engenho e reuniram, juntos, 112.929 espectadores, 12% do total, em peças teatrais, stand-up comedies, musicais, orquestras, Fentepira (Festival Nacional de Teatro), Festival de Música Raiz, Festeco (Festival de Música Ecológica) e apresentações de dança. Desses, mais de 60 mil pessoas participaram das 172 atividades gratuitas que as casas receberam.
No Salão Internacional de Humor e em exposições paralelas, de acordo com a SemacTur, estima-se que houve visitação de 260 mil pessoas.
Entre as atrações que envolveram cinema, a Estação da Paulista e o Armazém da Cultura “Maria Dirce de Camargo” reuniram 8.890 espectadores nas exibições de curta metragens e Dia Internacional da Animação. Além disso, nesses espaços também foram realizados eventos populares, feiras e apresentações de teatro.
Realizado por meio da parceria entre a SemacTur e a Sema (Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento), o projeto Cine nos Bairros contou com a participação de mais de mil pessoas. As exibições ocorreram nos Varejões e Centros Sociais de diversos bairros.
Na literatura, os concursos de Microcontos de Humor e Prêmio Escriba de Contos tiveram a participação de mais de 1.500 pessoas. E a Biblioteca Municipal “Ricardo Ferraz” contou com a participação de 6.500 pessoas em visitas monitoradas da Hora do Conto e outros eventos. Já o quiosque literário “Maria Emilia Redi”, no Parque da Rua do Porto, acolheu 3 mil pessoas ao longo de 2019, além da reinauguração da Biblioteca Comunitária da Vila Industrial, que reuniu 100 moradores para o evento.

Museu Prudente realiza inúmeras atividades durante o ano (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Enquanto isso, na Pinacoteca Municipal, os Salões de Belas Artes (SBA), Arte Contemporânea (SAC) e Aquarelas (SAP) reuniram, juntos, aproximadamente 2.800 pessoas.
Já o Largo dos Pescadores somou mais de 42 mil participantes da Noite das Tradições. O projeto foi realizado entre os meses de março e dezembro, com apresentações gratuitas de grupos e bandas musicais de Piracicaba e região, além das festividades Pastel Fest, Passeio de Barco, Festa do Divino, Festival Curau e Samba do Brinquedão.

Andressa Mota
[email protected]