Cinco presos não retornam de saidinha temporária

No total, 241 presos foram beneficiados em Piracicaba (Alessandro Maschio/JP)

Cinco presos das unidades prisionais de Piracicaba não retornaram após a última saída temporária que foi concedida na semana passada e deveriam retornar até a última segunda-feira (20). Destaque para as presas do CR (Centro de Ressocialização) Feminino Carlos Sidnes de Souza Cantarelli, pois todas as 45 ressocializandas que deixaram a unidade retornaram. No CDP (Centro de Detenção Provisória) Nelson Furlan, apenas um dos 43 presos beneficiados não retornaram. Na Penitenciária Masculina, quatro do presos não voltaram. Na unidade 143 detentos tiveram o benefício concedido.

A SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) informa que as saídas temporárias são benefícios previstos na Lei de Execução Penal e com as datas reguladas, no estado de São Paulo, conforme Portaria Deecrim (Departamento Estadual de Execuções Criminais) 02/2019. Saíram presos do regime semiaberto na quarta-feira (14).

REGIÃO

Na região de Campinas, 154 detentos não retornaram após o período. Nas unidades que fazem parte do Complexo Campinas-Hortolândia, o CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Hortolândia teve a evasão de 73 presos, do total de 1.583 que foram beneficiados, no CPP Professor Ataliba Nogueira (Campinas) 72 sentenciados não retornaram do montante de 2.109. Na Penitenciária Odete Leite de Campos Critter, a P2 de Hortolândia, 5 presos não retornaram do total de 162. Já na Penitenciária Feminina, que fica no bairro São Bernardo, em Campinas todas as 15 presas que foram beneficiadas retornaram. Já no CR de Sumaré apenas dois, do total de 173 não retornaram.

ÚLTIMA SAIDINHA

Na última saidinha, que ocorreu em junho deste ano, 174 presos deixaram as respectivas unidades de Piracicaba, mas somente um preso do CDP não voltou.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

2 × 1 =