CJ anuncia ampliação de sua fábrica em Piracicaba; haverá criação de 550 empregos

Foto: Justino Lucente

A CJ Brasil anunciou, nesta terça-feira (05), a expansão de sua fábrica em Piracicaba, com investimento de US$ 136 milhões de dólares — aproximadamente R$ 900 milhões de reais. Com isso, haverá geração de 553 novos postos de trabalho diretos e 350 indiretos até 2026.

O anúncio da ampliação foi feito por Sang Young Bae, presidente da fábrica. Na ocasião, estavam presentes também o presidente do escritório de vendas no Brasil, Gwy Heungh Oh; o presidente da CJ Latam, Oh Seok Kwon; e o prefeito Luciano Almeida.

OBRAS — As obras de terraplanagem do novo espaço da fábrica começam em novembro e devem gerar, somente nesta fase, 350 postos de trabalho ligados à área da construção civil. Desde 2007, a unidade em Piracicaba produz lisina, um aminoácido voltado para a nutrição animal (suínos e frangos).

Paulo Paschoalino, gerente de gestão e qualidade da CJ Brasil, lembrou que as obras de terraplanagem do novo espaço fabril têm início no mês de novembro, com prazo de conclusão previsto para o primeiro trimestre de 2023. Ele revelou que a unidade de Piracicaba está localizada numa área total de 99 hectares, com espaço construído de 9 hectares, e que a construção ocupará uma área de 12 hectares; ou seja, o dobro de tamanho da fábrica atual.

Paschoalino confirmou que Piracicaba foi escolhida pela diversidade de matéria-prima existente na região (açúcar e derivados da cana) e pela excelente malha rodoviária, que permite o escoamento rápido do seu produto até o Porto de Santos. “As condições favoráveis do mercado brasileiro também foram importantes para a tomada de decisão”, explicou.

MAIOR INVESTIMENTO EM NOVE ANOS — O prefeito Luciano Almeida informou que este investimento da CJ Brasil é o maior já realizado em Piracicaba nos últimos nove anos. “Estamos felizes com a notícia, afinal, se a CJ Brasil decidiu ampliar sua unidade é porque esta parceria tem sido benéfica para todos”, comentou o prefeito.

O prefeito lembrou que, em 2007, quando secretário de Desenvolvimento Econômico de Piracicaba, fez várias viagens para a Coréia do Sul, a fim de entender melhor o que os diretores da multinacional queriam da planta no Brasil. “Foi um investimento que deu certo para nossa cidade. Agradecemos a CJ Brasil pela confiança depositada novamente em nosso trabalho, que agora marca uma nova etapa do desenvolvimento econômico do município”, confidenciou.

Para José Luiz Guidotti Jr, secretário da Semdettur (Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo), a divulgação da nova linha de produção da CJ Brasil é uma das notícias mais importantes do ano. “Estamos felizes pois este investimento de R$ 900 milhões ficará por completo na cidade, uma vez que toda a cadeia de fornecedores da CJ é local. Teremos a geração de emprego, receita e o produto final exportado não depende das intempéries do mercado nacional”, explicou o secretário.

CJ BRASIL — A empresa pertence ao CJ Group, que está estruturado em quatro setores distintos, presente em 39 países, com faturamento global de US$ 28 bilhões de dólares. São eles:

1. Food e Services – produção de matérias-primas, produtos processados, Franchises (Restaurantes), serviços de catering e distribuição de alimentos (33%);

2. Entertainment & Media – broadcasting, filmes, músicas, performances, online media, operação móvel virtual e cinema (16%);

3. Bio & Nutrition: Biotecnologia, nutrição animal e vegetal e ração animal (14%), setor ao qual a unidade de Piracicaba pertence;

4. Home Shopping & Logistics: Home Shopping, Logística, Saúde e Beleza (37%).

Rafael Fioravanti

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

sete + 12 =