Colégio COC Piracicaba garante segurança aos alunos na retomada das aulas presenciais

Distanciamento social, máscara e álcool em gel fazem parte da rotina dos alunos | Foto: Amanda Vieira/JP

Ao chegar na porta do Colégio COC Piracicaba, os alunos já se deparam com as mudanças na rotina da escola para garantir segurança a estudantes, alunos e funcionários na retoma presencial das aulas em meio à pandemia da covid-19. Assim que chegam, higienizam os sapatos e mochilas e têm a temperatura aferida. Claro, sem esquecer do distanciamento social e da máscara – que apenas não é necessária para crianças de até 3 anos.


Álcool gel, ambiente aberto para a hora do lanche e higienização constante das mãos nas diversas pias instaladas no prédio do colégio também fazem parte da nova rotina do colégio.


O COC tem turmas de todos os níveis da educação básica: infantil, fundamental I e II e ensino médio. Segundo a coordenadora pedagógica, Marta Cappelletti Zago, a escola tem se preparado para garantir segurança aos estudantes na retomada presencial desde o início da pandemia.


“Colocamos mais pias, com sabonete e secadores de mãos, tapetes, higienização das salas, temos plataforma própria para online, projetores em todas as salas, todas as aulas são “ao vivo”. A própria plataforma faz com que as aulas “ao vivo” permaneçam gravadas. Os alunos são avaliados com provas”, conta.


Na retomada, a capacidade da sala de aula durante a fase laranja do Plano São Paulo – na qual a região de Piracicaba está classificada – é de 35% da capacidade. Desta forma, enquanto parte da turma assiste a aula presencial nas salas de aula do colégio, a outra parte acompanha o mesmo conteúdo de casa. “Não estamos tendo aulas nos laboratórios ainda. Há rodízio de alunos. As aulas são transmitidas ao vivo, híbrido”, explica Marta.

CONVIVÊNCIA
Marta comenta que a retomada das aulas presenciais é importante porque na escola os alunos têm convivência social, necessária para o pleno desenvolvimento psicossocial. “O aluno precisa de rotina, de comunicação presencial, para não serem abalados emocionalmente e evitar depressão e estresse por ter que ficar horas em frente do computador, uma máquina”, explica a coordenadora.


Durante as aulas remotas, Marta observou mudanças no comportamento dos alunos, decorrentes da distância do convívio proporcionado pela rotina escolar. “Eles se retraíram, surgiu o medo, correram para a tecnologia, deixando completamente a vivência social, muitos ficaram indisciplinados, ansiosos”, lembra.


A coordenadora pedagógica lembra que o convívio com outras crianças também proporciona benefícios à criatividade. “A parte social é muito importante para desenvolver a criatividade, a iniciativa e o controle emocional, desde que seja de forma organizada e desde que haja comprometimento da família e da escola, agindo em parceria”, avalia.


O ano letivo de 2021 começou dia 25 de janeiro no Colégio COC Piracicaba, segundo Marta. “A aula presencial não é obrigatória, pois o decreto não permite 100%, porém eles têm aulas ‘ao vivo’, podendo interagir momentaneamente com o professor. Montamos o presencial de acordo com uma enquete realizada com os pais”, complementa.

Andressa Mota

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

10 + cinco =