Coletivo realiza o primeiro dia do projeto Beleza Preta do Treze de Maio

Foto: Divulgação

Mulheres negras de diferentes idades participam de desfiles e editoriais de moda

No próximo dia 20, das 19h às 20h30, o Coletivo Beleza Preta realiza desfile de moda com releitura dos looks utilizados nos concursos de beleza, além de uma homenagem às mulheres que estiveram presentes nos concursos da época. O evento é uma continuidade do que ocorreu na última sexta-feira (13), com o primeiro dia do projeto “Beleza Preta do Treze de Maio”. Houve uma apresentação da história dos concursos de beleza que aconteciam na Sociedade Beneficente Treze de Maio de Piracicaba e uma conversa com as mulheres que participaram, organizaram e assistiram esses concursos. A ação tem o auxílio do Governo do Estado de São Paulo e do Proac.

Na sexta-feira (20), também haverá intervenções artísticas, com apresentação de dança feita por Márcia Maria Antônio e apresentação do DJ Robão (Robson Roberto Gregório).

As modelos convidadas são: Alessandra de Campos, Analigia Aparecida de Abreu, Elisabete Aparecida Ferreira Benedito, Francine Aguiar, Mayara do Nascimento Francisco, Sabrina Almeida, Sophia Vitória de Campos, Sueli Maria Eleutério e Valeria Cristina Mateus Gregório.

O evento será aberto ao público no Sesc Piracicaba (com apresentação de carteirinha de vacinação), mas também será transmitido pelo Facebook (@coletivobelezapretapira) e canal do Youtube do coletivo.

COLETIVO BELEZA PRETA
O Coletivo Beleza Preta é formado por um grupo mulheres negras, que tem como missão realizar atividades sobre temas como desigualdade racial, social e de gênero. Está há três anos atuando no município de Piracicaba, realizando desfiles e editoriais de moda com mulheres negras de diferentes idades e manequins, com o objetivo de empoderá-las, elevando a sua autoestima, ou seja, baseando-se nos mesmos princípios dos concursos de beleza realizados pela Sociedade Beneficente Treze Maio.

“As experiências relatadas acima, provam que os concursos e eventos de beleza realizados na Sociedade Beneficente Treze de Maio foram fundamentais para o empoderamento da população negra, pois puderam auxiliar no resgate da identidade, valorização dos traços e autoafirmação da mulher negra piracicabana” concluiu Sabrina Rodrigues Semedo, uma das organizadoras do projeto.

Fernanda Rizzi
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × 5 =