Com 54% dos votos, Luciano Almeida (DEM) é o novo prefeito de Piracicaba

(Foto: Amanda Vieira/JPi)

Atualizado em 29 de novembro, às 19h17

O democrata venceu Barjas Negri em segundo turno, neste domingo, por 54% a 45% dos votos válidos. A abstenção foi de 30%

O democrata ficou à frente na apuração de votos deste a primeira parcial, divulgada às 17h30, com 1,83% quando Luciano aparecia com 354 votos a mais do que Barjas.

Com 50% das urna apuradas, Luciano mantinha 54% ante 45% de Barjas, uma diferença de 9% que foi a média durante as cerca de 1h30 de apuração.

Luciano Almeida, 55 anos, assumirá pela primeira vez a Prefeitura de Piracicaba, na segunda eleição que concorre ao Executivo local.

“[É uma] felicidade pura, todo mundo se engajou, trabalhou duro, foi uma campanha só de amigos e pessoas que acreditaram em um ideal e o resultado, quando a gente faz uma coisa de coração, dá tudo certo”, comenta o prefeito eleito. “Agora começa uma Piracicaba, um novo começo e uma renovação. Vou errar, vou acertar, mas vou fazer tudo de coração para a gente ter a melhor cidade desse país”, complementa.

A última semana de campanha entre Luciano e Barjas foi marcada por ataques pessoais e muitas fakes news pela internet. Ainda no domingo, uma fake news anunciava o falecimento do agora eleito vice-prefeito de Piracicaba, Gabriel Ferrato, já desmentida pela esposa Selma Ferrato e pela assessoria de imprensa da Unimed Piracicaba, onde segue internado e estava após um procedimento cirúrgico.

Luciano é formado em Administração de Empresas pela Universidade Metodista de Piracicaba e pós-graduado em Administração e Gestão de Negócios Internacionais pela Universidade de Berkeley (EUA).

Na vida pública local, tem experiência como Secretário de Indústria e Comércio de Piracicaba.

No Governo do Estado, foi secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, presidente dos Conselhos Deliberativos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e da Investe São Paulo; e participou como conselheiro da Desenvolve SP (Agência de Fomento) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-SP).

Erick Tedesco

[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × 1 =