Com 81% da UTI, Piracicaba registra mais 3 mortes

A taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade Terapia Intensiva) por pacientes com covid-19 em Piracicaba nesta quarta-feira (05) ficou em 81%, enquanto as vagas de enfermaria trabalharam com 66% da capacidade.

A Secretaria da Saúde registrou três óbitos pela doença, sendo um homem de 52 anos e duas mulheres de 26 e 56 anos de idade. Os números elevaram o total de mortes a 865. Já o total de casos confirmados de covid-19 ontem na cidade foi de 181 novos diagnósticos, elevando as estatísticas para 45.877 infectados pelo coronavírus. Piracicaba tem ainda 1.018 casos suspeitos, 80.676 casos descartados, 43.630 pacientes recuperados e 1.382 pessoas em tratamento.

NO ESTADO

O Estado de São Paulo registrou ontem (05), 2,956 milhões de casos e 98.710 óbitos por covid-19 desde o início da pandemia, no ano passado. Entre o total de casos, 2.641 milhões tiveram a doença e já estão recuperados, sendo que 303.885 foram internados e receberam alta hospitalar. São 21.433 pacientes internados no Estado, sendo 10.240 em unidades de terapia intensiva e 11.193 em enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de UTI em São Paulo nesta quarta-feira era de 78,3% e na Grande São Paulo é de 76,3%. Está prorrogada a Fase de Transição do Plano São Paulo até 9 de maio, adotada diante da reversão da tendência de crescimento das internações. No entanto é fundamental que, mesmo com a redução dos índices, a população mantenha as medidas de distanciamento, uso de máscaras e higiene das mãos.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × dois =