Com agenda cheia, Gabriel Ferrato reassume Secretaria de Educação

Foto: Claudinho Coradini/JP

Também foi nomeado Alex Salvaia para a Sedema, já que Marcos Yassuo Kamogawa pediu exoneração

O prefeito Luciano Almeida (DEM) anunciou o vice, Gabriel Ferrato, para o cargo de secretário de Educação de Piracicaba. Nesta segunda-feira (21), o democrata anunciou dois novos secretários municipais em coletiva de imprensa realizada em seu gabinete. Além de Ferrato para Educação, Luciano comunicou a nomeação de Alex Salvaia para a Sedema (Secretaria de Defesa do Meio Ambiente). Ele vai substituir Marcos Yassuo Kamogawa, que pediu exoneração por motivos profissionais e pessoais.

Já Ferrato, assume o lugar do professor João Marcos Thomazielo, que ficou por quatro meses à frente da pasta e foi exonerado devido à lei municipal da ficha limpa. Ferrato atuou como prefeito entre os anos de 2013 e 2016 e como secretário de Educação, de 2009 a 2012.

A Câmara de Vereadores já indicava que há demandas e a ausência de um titular na Educação já era apontado como um problema. Na agenda da secretaria constam o processo de licitação da merenda em andamento, inquérito instaurado pelo Ministério Público para apurar irregularidades na merenda e um alerta do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) quanto a adequação de aplicação de recursos próprios e do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvido da Educação Básica).

Para o prefeito, um dos grandes desafios de Ferrato será a retomada segura das aulas presenciais a partir de agosto, com a imunização da população. “Recuperar o tempo perdido é um dos desafios. O outro é a padronização do ensino, criar uma metodologia, um padrão. A partir de agora é um novo ciclo”, afirmou Luciano.

“Vamos ter de superar o problema do deficit de ensino que houve e para isso vou contar com os profissionais da Rede. Eles sabem o que se passou e até onde conseguiram chegar e como vamos seguir daí para frente e tirar esse atraso”, disse Ferrato.

Ao assumir a Sedema, Salvaia disse que “será um desafio suceder o colega diante do excelente trabalho desenvolvido na Pasta até aqui”.

Ao ser questionado sobre os próximos passos, o secretário disse que sua prioridade é atender a Legislação Federal, que estabelece novos critérios para o gerenciamento de resíduos sólidos, que passa a valer a partir de 2020.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

doze + 10 =