Com apenas 41,7% de aproveitamento, XV precisa somar pontos fora de casa nas próximas rodadas

Foto: Lucas Almeida

Nhô Quim encara o Primavera, sábado, em Indaiatuba; e no dia 5 de agosto pega o Lemense, em Leme

Após o fechamento da quarta rodada da Copa Paulista, o XV de Novembro tem uma campanha abaixo da média, com apenas 41,7% de aproveitamento. É um resultado preocupante, ainda mais por que o clube atuou no Barão da Serra Negra em três das quatro partidas da competição até agora. Por isso, o Nhô Quim terá uma sequência de dois jogos longe de Piracicaba: contra o Primavera, no sábado, 30, em Indaiatuba; e no dia 5 de agosto diante do Lemense, em Leme.

Serão duas partidas que o Alvinegro não poderá perder pontos para tentar uma vaga entre os dos primeiros colocados do Grupo 2. Hoje, o Desportivo Brasil tem 12 pontos e praticamente com uma vaga assegurada. A outra ficaria entre São Bento (sete pontos), Primavera (sete) e o XV (cinco). Com chances remotas de classificação estão Lemense e Rio Claro, que têm apenas um ponto em quatro rodadas.

Depois da sequência de duas partidas fora de casa, o Nhô Quim receberá o São Bento, no dia 12 de agosto, pela sétima rodada, no Barão; sai para enfrentar o Rio Claro, no dia 21 de agosto; vai a Porto Feliz para pegar o Desportivo Brasil, no dia 27 de agosto, e finaliza a participação na primeira fase diante do Primavera, no dia 3 de setembro. Além dos dois melhores colocados de cada grupo, ainda garantem classificação os dois melhores terceiros colocados.

NO DM
O Nhô Quim tem alguns problemas para a partida contra o Primavera. O meio-campo Grigor teve uma pequena fratura na lombar e está em reta final de recuperação. O meia Igor sofreu lesão na coxa no jogo contra o São Bento e deve deixar o DM no decorrer desta semana. O lateral David está em reta final de recuperação de lesão no tendão do músculo posterior da coxa. Já o meia Samuel Andrade teve uma pequena lesão no músculo anterior da coxa, mas deve ser liberado para o jogo.

O zagueiro João Maistro também voltou nesta semana aos treinos após ter sido liberado na última semana por conta do falecimento de sua mãe, Renata Maistro, aos 49 anos. Por conta deste triste motivo, o jogador não foi relacionado para a partida diante do Desportivo Brasil.

LUSA
A Portuguesa venceu seu último jogo pela Copa Paulista contra o EC São Bernardo, por 3 a 1, com um dos gols marcados pelo atacante Caio Mancha, ex-XV de Piracicaba. O artilheiro do time falou da importância da vitória e que é importante para a Lusa estar na liderança do Grupo 3, com sete pontos conquistados.

“Após um tropeço em casa, a importância dela era devidamente claro, do quão importante era essa vitória, para gente conquistar o primeiro lugar. A gente fez um bom jogo, um bom resultado no primeiro tempo”, disse Mancha.

Erivan Monteiro
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezessete + 10 =