Com críticas e queixas, Saúde altera agendamento para 3ª dose

Foto: Alessandro Maschio/JP

Prefeitura comunicou que 3ª dose passa a ser agendada pelo VacinaPira a partir da próxima semana

Após reclamações e críticas, a Secretaria de Saúde de Piracicaba decidiu fazer o agendamento da terceira dose da vacina contra covid-19 pelo portal VacinaPira e não mais presencialmente, como vinha sendo feito. A professora universitária aposentada Dorinha Vitti Kennedy, 70 anos, foi uma das críticas à determinação da pasta em fazer o agendamento presencial. Ela disse que conversou com um funcionário da UBS (Unidade Básica de Saúde) Centro, nesta quarta-feira (13), às 13h e foi informada que deveria se dirigir até a unidade para o agendamento.

A aposentada contou que foi atendida às 13h15 e a atendente informou que as regras haviam mudado e que, portanto, não poderia fazer o agendamento naquele momento. “Isso é uma total falta de respeito com o idoso”, afirmou. “Em 15 minutos eles mudam as regras do jogo”, criticou. Dorinha disse que achou um absurdo a exigência de agendar a vacinação presencialmente.

“Eu tenho carro, posso dirigir, mas e aquele que não pode, que depende de ônibus. É preciso ter senso de Justiça”, acrescentou. Ela disse que, apesar do impedimento de marcar a terceira dose, a funcionária não explicou quais seriam as novas regras.

A jornalista Andrea Mesquita também criticou a decisão da prefeitura em optar pelo agendamento presencial. Ela contou que o pai foi até a UBS do Caxambu ontem pela manhã e disse que havia idosos na fila, com andador e bengala. “Um sistema que antes era agendar pela internet, agora tem de ir pessoalmente. Não tem explicação para isso”, afirmou.

No final da tarde desta quarta-feira, a prefeitura comunicou que o agendamento da terceira dose passa a ser feito pelo VacinaPira a partir da próxima semana. Segundo a secretaria, a ação é necessária para que não ocorra sobra de doses do imunizante e também diminuir o tempo de espera nas unidades de saúde.

“A abertura de agenda no VacinaPira será divulgada com antecedência pelo site e redes sociais da prefeitura”, informou.

Segundo a secretaria, até a segunda-feira (11), 64.590 pessoas com 60 anos ou mais haviam recebido a segundo dose. A Saúde informou que, para receber a terceira dose, é necessário ter recebido a segunda há, pelo menos, seis meses. Assim, quando cada pessoa completar esse período poderá fazer o agendamento para receber a dose adicional.

De acordo com o Departamento da Atenção Básica, até amanhã vai haver aplicação da terceira dose nas unidades de UBSs e CRABs apenas para as pessoas que já fizeram o agendamento no local.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

1 × um =