Com gol de Suárez no fim, Atlético de Madrid vence Alavés e retoma liderança

Foto: Reprodução Instagram

Luis Suárez foi decisivo para o Atlético de Madrid retomar a liderança do Campeonato Espanhol e começar 2021 ganhando. Neste domingo, com um gol do atacante uruguaio nos acréscimos, o time derrotou o Alavés por 2 a 1, em Vitória, na partida válida pela 17.ª rodada.

O triunfo, o quarto consecutivo na competição, recoloca o Atlético no primeiro lugar do Espanhol, com 38 pontos e dois a mais do que o rival Real, que também disputou dois jogos a mais. Já o Alavés parou nos 18 com essa derrota, o seu segundo tropeço consecutivo no torneio.

Cada time começou o duelo com um brasileiro como titular: Felipe, no Atlético, e Deyverson, no Alavés. E foi o ex-corintiano quem comemorou primeiro, aos 41 minutos, quando Marcos Lllorente colocou a sua equipe em vantagem, com chute de fora da área, depois de passe de Suárez. Assim, o Atlético foi ao intervalo vencendo após um primeiro tempo truncado.

A situação pareceu ficar melhor quando Victor Laguardia foi expulso, deixando o Atlético com um jogador a mais, após uma entrada dura em Lemar. Só que no fim, o Alavés conseguiu o empate graças a um gol contra de Felipe, aos 39 minutos, ao tentar cortar cruzamento de Joselu. O técnico Diego Simeone, então, tratou de tornar o time mais ofensivo, trocando o zagueiro por Renan Lodi.

Mas o gol do triunfo teve outros protagonistas, com João Félix, que havia iniciado o duelo no banco de reservas, dando a assistência para Suárez fechar o placar em 2 a 1, empurrando a bola às redes da pequena área.

BARCELONA GANHA COM ASSISTÊNCIA DE MESSI – O Barcelona segue sem brilhar, mas ao menos abriu 2021 com vitória. Diante do modesto Huesca, lanterna do Campeonato Espanhol, triunfou por 1 a 0, fora de casa, na 500.ª partida de Lionel Messi na competição. E foi dele o passe para Frenkie de Jong marcar o único gol do duelo.

O triunfo, porém, não apagou o desempenho irregular do Barcelona, que falhou nas finalizações e, mesmo dominando o adversário, correu riscos no segundo tempo. De qualquer forma, completou o quinto jogo sem derrota na competição e chegou aos 28 pontos, na quinta posição, a um do Villarreal, que fecha a zona de classificação à Liga dos Campeões e disputou um jogo a mais. Já o Huesca segue em último, com 12 pontos.

Vindo de um decepcionante empate com o Eibar, o Barcelona dominou o primeiro tempo. Perdeu chances com Braitwhite, aos 10, e Pedri, aos 20 minutos, mas marcou aos 26. Messi cruzou da esquerda para De Jong completar às redes, da pequena área. Foi a 185.ª assistência do craque no Espanhol. E ele quase marcou o seu 452.º gol na competição aos 40 minutos, em uma cobrança de falta da entrada área. Porém, Álvaro Fernández fez uma linda defesa.

O goleiro voltou a evitar um gol de Messi na etapa final, aos 22 minutos, mas naquele momento o Barcelona não exibia a mesma intensidade, tanto que Ter Stagen havia trabalhado pouco antes, evitando um gol de calcanhar de Rafa Mir, após cobrança de escanteio. Dembéle também perdeu duas boas oportunidades, mas ao menos o time conseguiu sustentar a vantagem.

VITÓRIA E DEMISSÃO – Também neste domingo, o Athletic Bilbao venceu o Elche por 1 a 0, no San Mamés, mas ainda assim demitiu o técnico Gaizka Garitano horas depois do duelo. Ele estava à frente do time desde dezembro de 2018. Na sua despedida, o gol do triunfo foi marcado por Iker Muniain, aos 25 minutos do primeiro tempo. O resultado positivo levou o time de Bilbao aos 21 pontos, na nona colocação. Já o Elche, na luta contra o rebaixamento, soma 16.

OUTROS JOGOS – Agora com 30 pontos, a terceira colocada Real Sociedad só empatou por 1 a 1 com o vice-lanterna Osasuna, que está com 14, em casa. Calleri abriu o placar para os visitantes, com Barrenetxea igualando o placar. Também neste domingo, com dois gols de Bryan Gil, o Eibar derrotou (11.º, com 19 pontos) derrotou o Granada (7.º, com 24) por 2 a 0.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

8 + dez =