Com melhora nos índices, Prefeitura de Piracicaba encerra atividades do Grupo de Trabalho Covid-19

Foto: Justino Lucente / CCS

Com o avanço da vacinação em todo o município, Piracicaba tem apresentado melhoras significativas nos índices de casos, óbitos e ocupação de leitos por Covid-19. Por conta dessa melhora, o Grupo de Trabalho Covid-19 encerrou os encontros nesta semana. Coordenado pela Prefeitura, o grupo era composto por representantes de entidades de saúde pública e privada, além de representantes da Administração municipal.

Com mais de 610 mil doses da vacina contra Covid-19 aplicadas, pode-se dizer que 80,25% da população piracicabana já recebeu a 1ª dose e 66,58% já completou o esquema vacinal com a 2ª dose ou dose única. Com esse avanço da vacinação com a 2ª dose, Piracicaba começou a apresentar, no mês de junho, queda nos óbitos por Covid. Setembro, por exemplo, foi o mês com menor registro de óbitos em 2021 (com 60% da população vacinada com a 2ª dose). O reflexo da vacinação também aparece na média de ocupação de leitos UTI-Covid. Em junho deste ano, quando 13% da população havia tomado as duas doses da vacina, essa média estava em 89%. Já agora no mês de outubro, com 66% da população com o esquema vacinal completo, encontra-se em 15%, a menor do ano.

Para marcar o encerramento das atividades do Grupo de Trabalho, nesta quarta-feira (13) os participantes se reuniram no Centro Cívico e evidenciaram o agradecimento a todos que atuaram no combate à Covid-19. Para o prefeito Luciano Almeida, a atuação do Grupo de Trabalho foi essencial. “Para nós, a união desse grupo deixou um legado. A gente sempre chegou, junto, às melhores decisões. Trabalhamos em conjunto e está aí o resultado. Não sabemos ainda o que virão de consequências dessa pandemia, dos efeitos que ela trará. Encerrou-se hoje o grupo, mas podemos mensal ou semestralmente, por exemplo, debater outros assuntos, discutir outros projetos relevantes para a saúde da nossa região”, afirma o prefeito.

O secretário de Saúde, Filemon Silvano, também agradeceu a dedicação de todos. “Ninguém ficou desassistido na cidade. Foi uma luta de quase dois anos. Os profissionais estão cansados, mas deram sempre o melhor. Agora está vindo uma onda das consequências da Covid e de outras doenças e sabemos que podemos contar com todos vocês”, reforçou.

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 1 =