Com mesmo número de vagas, tarifa do estacionamento para 1 hora vai custar R$ 2,50

Foto: Alessandro Maschio/JP

Valor estimado do contrato é de R$ 62,7 milhões por um período de dez anos podendo ser renovado por mais dez

A Semuttran (Secretaria de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transporte) de Piracicaba publicou nesta semana o novo edital para contratação de uma nova empresa para explorar o estacionamento rotativo (zona azul) na Região central da cidade. De acordo com o documento, a nova gestão vai oferecer o mesmo número de vagas de estacionamento, porém, com aumento da tarifa. Segundo a pasta, serão mantidas as atuais 4.845 vagas, das quais 3.234 são pagas e o restante é destinado a deficientes e idosos.

“Em relação às vagas, iniciaremos com a quantidade atual e, na medida em que surgirem novas demandas, a Semuttran vai desenvolver estudos necessários para a expansão do sistema rotativo”, comentou a secretária da Semuttran, Jane Franco de Oliveira. Com a nova concorrência, os preços das tarifas vão sofrer reajuste. O tíquete de 30 minutos passa de R$ 1,30 para R$ 1,50, enquanto a uma hora sobe dos atuais R$ 2,10 para R$ 2,50. O maior aumento ficou para a tarifa de duas horas, que sobe de R$ 2,65 para R$ 3,50.

Outra novidade do contrato será a ampliação gradativa do repasse ao município. “No contrato anterior, o percentual de repasse era de 16,52% durante todo o contrato. Agora incluímos no edital uma cláusula com uma regra que aumenta gradativamente esse percentual conforme o aumento na arrecadação da empresa. Esse repasse será para o Fundo Municipal de Trânsito e utilizado para serviços de sinalização e educação no trânsito”, afirmou Jane.

A secretária destacou que esse sistema de estacionamento gera rotatividade de vagas nas áreas comerciais, onde está instalado, e atende a um apelo de entidades, como a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), por sua manutenção.

O contrato vai ter duração de dez anos e pode ser renovado pelo mesmo período. O valor estimado da contratação é de R$ 62,723 milhões.

Para a elaboração do edital, a prefeitura informou que prezou por uma série de novidades com o objetivo de melhorar o repasse da receita arrecadada pela empresa para o município que, segundo a administração, será aplicada em melhorias para a
mobilidade urbana.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

oito − 1 =